Wednesday, March 29, 2006

Espíritos - A Morte Está ao seu Lado (Shutter - They Are Around Us, 2004)



Nos últimos anos, as platéias de cinema de todo o mundo têm descoberto o cinema produzido no oriente. Alguns críticos consideram o tipo de cinema produzido nos países orientais como o mais inovador da atualidade. A verdade é que os filmes orientais já começam a produzir seus efeitos na maior indústria cinematográfica mundial – a hollywoodiana –, tendo em vista que muitos de seus filmes já foram ou estão em processo de serem refeitos pelos profissionais norte-americanos. Um dos gêneros mais populares do cinema oriental no mundo ocidental é o de terror – que foi bem representado pelos filmes japoneses “Ringu” e “Dark Water”. Agora, os cinéfilos têm a oportunidade de conhecer um outro filme desse gênero, “Espíritos – A Morte Está ao Seu Lado”, do diretor Banjong Pisanthanakun, que foi produzido na Tailândia.

O filme começa quando um grupo de quatro amigos está reunido para comemorar o casamento de um deles. No final da festa, o casal formado pelo fotógrafo Tun e por Jane está voltando para casa quando atropelam acidentalmente uma mulher. Assustados, os dois fogem da cena do crime. Nos dias seguintes ao acidente, Tun e Jane serão atormentados por pesadelos e visões; e as fotos tiradas por Tun começam a aparecer desfocadas e manchadas.

Com o objetivo de tentar entender tudo o que está acontecendo com eles, Tun e Jane começam a investigar o caso. Os dois voltam à cena do atropelamento e não visualizam nenhum rastro do crime que cometeram. O casal também irá encontrar, na sua busca, outras fotografias com o aparecimento de pessoas que já estão mortas e, em decorrência disso, procuram especialistas em retratos de espíritos, para que eles possam explicá-los como um espectro de alguém pode aparecer no meio de uma foto. A explicação que é oferecida para Tun e Jane é bem simples: um espírito aparece, às vezes, pois não consegue ficar longe daqueles a quem ama ou então porque ele tem uma mensagem a transmitir para aqueles que ainda estão vivos.

O tempo mostrará para Tun e Jane que o que está lhes atormentando é uma pessoa do passado de Tun – uma ex-namorada que o amou muito, mas que não foi correspondida da maneira que imaginava e, por isso, foi abandonada por ele. A partir dessa descoberta, começa uma nova luta: a para fazer com que essa ex-namorada de Tun seja libertada antes que o espírito dela se apodere das vidas de Tun e Jane.

“Espíritos – A Morte Está ao Seu Lado” é um típico terror psicológico, com poucas imagens realmente assustadoras – e quando elas aparecem estão relacionadas a temas icônicos dos filmes de terror do oriente, como o perigo da água e as mulheres apavorantes escondidas por trás de enormes cabelos. No entanto, “Espíritos – A Morte Está ao Seu Lado” sai de um lugar comum quando consegue um diálogo com filmes como “Eu Sei o que Vocês Fizeram no Verão Passado” ao mostrar que, mais cedo ou mais tarde, toda má ação não passará impune. Alguém sempre irá cobrar o preço daquilo que foi feito.

Crédito Foto: Cinepop

3 comments:

Romeika said...

"poucas imagens realmente assustadoras"???? Hmmm..já vi que não gostou muito. Eu acho que se tivesse visto esse filme no cinema pela primeira vez teria me arrepiado toda. Em casa, eu morri de medo!!! Aquela cena da cama...affff meeeeedo!!:)

Kamila said...

Ah, Romeika. Eu não gostei muito mesmo. Não foi um filme decepcionante, mas, ao mesmo tempo, não era totalmente interessante. Eu acho que tenho um problema com filmes de terror, porque eu não gosto de nenhum e não me assusto facilmente.

Pedro Henrique said...

Desculpa a sinceridade mas, eu odiei esse filme.

Abraço!!!