Friday, March 17, 2006

Mulheres do Brasil (2006)


O filme “Mulheres do Brasil”, de Malu de Martino, conta a história de cinco mulheres espalhadas por cinco estados brasileiros. Todas essas histórias irão revelar um aspecto característico de nossas mulheres – com ênfase especial ao caráter sonhador, amoroso e dedicado de cada uma delas. A primeira é Esmeralda (Camila Pitanga). Como filha única de um casal baiano, Esmeralda sempre teve tudo o que quis: fez aulas de balé, de piano, de inglês e estudou em colégios católicos. Esmeralda parece um personagem saído de um romance de Nelson Rodrigues e, enquanto tinha uma postura recatada perante sua família, fora de casa se revelava uma mulher fatal, que sofreu com as armas do jogo da conquista amorosa.

A segunda mulher é a alagoana Ana (Luana Carvalho, filha da cantora Beth Carvalho). Assim como Esmeralda, Ana nasceu em uma família que lhe proporcionou tudo aquilo que ela queria. Todos os passos de sua vida foram planejados exaustivamente pelos seus pais. E, quando Ana se vê prestes a terminar uma faculdade (de turismo) que não a entusiasma, ela começa a sentir a necessidade de conhecer o mundo e de tentar entender quem ela realmente é e quais os rumos que ela gostaria de dar à sua vida.

A terceira é a carioca Telma (Roberta Rodrigues, que foi revelada no filme “Cidade de Deus”). Ao contrário de Ana e Esmeralda, Telma tem uma vida muito sofrida: mora em uma favela, cuida de sua mãe cega e de sua irmã caçula e trabalha conferindo o estoque de um supermercado. Como se isso não fosse suficiente, Telma ainda carrega uma grande responsabilidade: a de, na condição de porta-bandeira da Acadêmicos da Grande Rio, empunhar o pavilhão da escola no desfile das escolas de samba e ajudá-la a se tornar a grande campeã do carnaval carioca.

A quarta é a paranaense Martileide (Carla Daniel, filha do diretor Daniel Filho), que, como muitas mulheres trabalhadoras brasileiras, está cansada do seu dia-a-dia e sonha com uma vida melhor para si. Martileide quer encontrar um grande amor, um homem que fizesse com que ela levasse uma vida, literalmente, de princesa.

E, finalmente, a quinta mulher é a paulista Laura (Bete Coelho), uma recém-divorciada, que está na casa dos quarenta anos, desempregada, e luta desesperadamente para recolocar a sua vida (profissional e pessoal) nos eixos.

"Mulheres do Brasil” tem uma estrutura narrativa muito interessante, a qual mistura ficção com documentário – uma vez que cada uma das cinco histórias são ilustradas com depoimentos de pessoas reais (as romeiras de Bom Jesus da Lapa na história de Esmeralda; as rendeiras do Pontal na de Ana; as portas-bandeiras na de Telma; as prostitutas de Curitiba na de Martileide e as mães viúvas, solteiras e desquitadas na de Laura). Nem sempre essa mistura irá funcionar e a impressão que a platéia tem é a de que o filme não tem um elo definido e as suas histórias estão soltas.

“Mulheres do Brasil” estreou nas salas de cinema de todo o país na semana em que se comemorou o Dia Internacional da Mulher. O filme é realmente um grande esforço feminino – tendo em vista que a maior parte da equipe técnica do filme, sem contar aquelas pessoas que vemos na frente das câmeras, são mulheres. No entanto, “Mulheres do Brasil” sofre claramente com a ausência de um aspecto fundamental para qualquer filme: ele não emociona a platéia e não faz com que ela se envolva com a história que ele pretende contar. As mulheres brasileiras mereciam uma homenagem muito melhor do que essa.

Crédito Foto: Yahoo! Cinema

4 comments:

Romeika said...

Vixe, Kamila, pela crítica já vi que não vale muito a pena assistir ao filme.. Não tinha me empolgado muito pra vê-lo desde a estréia mesmo..estou decepcionada com os filmes em cartaz, mas vc viu que próxima semana deve estreiar um do spike lee? Deve valer a pena..beijos e bom final de semana!

Museu do Cinema said...

Verdade Romeika, tb estou querendo ver o novo filme do Spike Lee com a Jodie Foster e o Denzel Washington, tem tudo pra ser um filmão!

Kamila said...

Romeika, eu vi que o novo filme do Spike Lee está para estrear. Eu vi o trailer e gostei muito do filme. Além do que, um filme que tem a Jodie Foster, o Denzel Washington e o Clive Owen no elenco, é simplesmente imperdível!

Boa semana para você!

Romeika said...

hehehe tá todo mundo doido pra ver mesmo, haja secura de bons filmes!!!;) Mas deve ser um filmaço, com um elenco maravilhoso assim..:)