Tuesday, August 28, 2007

Estrada Maldita (Wind Chill, 2007)

Chega um determinado momento em qualquer filme de suspense/terror em que o herói ou a heroína alcançam um estado em que começam a se arrepender de ter tomado alguma decisão – a qual foi responsável por ter colocado-o (a) na situação de perigo que eles vivem nos filmes. Em “Estrada Maldita”, do diretor Gregory Jacobs, isto acontece logo no início, quando uma estudante de engenharia (Emily Blunt) se arrepende de ter pego uma carona para casa com um garoto (Ashton Holmes) que ela mal conhecia, ao invés de ter pego um ônibus.

Ainda no início de “Estrada Maldita”, a estudante comenta – pelo telefone – com uma amiga que já estava morrendo de tédio ao lado de seu companheiro de viagem. Quase que em seguida, este marasmo acaba. Após abastecerem o carro, o rapaz decide pegar um atalho para aproveitar a vista de uma estrada. Acontece que ele não previu que, minutos depois, ele se envolveria em um acidente de carro e ficaria preso, no meio do nada, com sua irritada “amiga”. As desgraças não acabam por aí: enquanto esperam amanhecer o dia para procurarem por um resgate, o casal começa a ser atormentado por uma série de criaturas que não chegam a ser assustadoras, mas estão ligadas a um misterioso acidente de carro que ocorreu no mesmo local há mais de cinqüenta anos.

“Estrada Maldita” é um filme muito ruim, com um roteiro que parece um episódio de quinta categoria do seriado “Arquivo X”. O diretor Gregory Jacobs, que é o encarregado da segunda unidade dos filmes de Steven Soderbergh (o qual é produtor executivo do filme, ao lado de seu parceiro na Section Eight, George Clooney), só prova algum tipo de talento na hora de arrancar boas interpretações de sua dupla de atores central. Tanto Emily Blunt, como Ashton Holmes estão ótimos em seus papéis – e é só por causa dos dois mesmo que o espectador vai conseguir agüentar assistir aos 90 minutos de “Estrada Maldita”.

Cotação: 1,0

12 comments:

Rogerio Scheidemantel said...

Kamila, tenho passado longe de histórias assim. 99% são ruins, então nem arrisco.
Obrigado pelo post, mais um filme que nao perderei tempo vendo.
Me admira o Soderberg fazer parte disso né.
abs.

Kamila said...

Rogério, confesso que grande parte da minha curiosidade em querer assistir a este filme veio do fato de que Steven Soderbergh e George Clooney estavam produzindo o mesmo. Mas, juro que não imaginava que o filme seria um desastre total.

Victor Nassar said...

Oi Kamila!! To de volta ao meu Blog!! o Pipoca!! hehehe

"Estrada Maldita" ainda não vi, nem quero!..ehehe..Não tenho mais paciência pra assistir esse tipo de terror. Aliás, há tempos que não consigo assistir um filme de terror, tudo parece repetivo, copiado...Sei lá, pode ser implicância minha...mas é o que tem acontecido...


beju!

Vinícius P. said...

Esse nem vi ainda, mas sabe que até tenho curiosidade por causa da Emily Blunt? Ela é ótima, mas acho que não verei "Estrada Maldita" depois de seus comentários...

Abraço!

Otavio Almeida said...

Houston, vc viu que Victor Nassar voltou? Precisamos falar com ele. Já deixei um comentáriolá no Pipoca Com Manteiga.

Marcus Vinícius said...

Vixi, vou passar longe então, hehe.

Beijo e boa semana pra você! =]

Museu do Cinema said...

Pelo que você comentou Kamila, esse filme é uma bomba!

Vc disse que a única coisa q se salva são as interpretações, eu penso diferente, como Emily Blunt, uma atriz com futuro e talentosa, se mete num negocio desse?

Ramon Scheidemantel said...

Ixxxxxxx.... essa doeu!
Não assistirei.
Obrigado pelo aviso.

Ps.: Agora fiquei preocupado: Será que você vai gostar de Desespero (filme de qual falei bem no blog)?

Romeika said...

Pobre Emily Blunt, tão talentosa, e desperdiçada numa bomba dessas!:-S

Kamila said...

Victor, eu também não tenho paciência para assistir estes filmes... Mas, não sei por quê eu sempre termino assistindo-os. E seja bem-vindo de volta!!!

Marcus, pode passar bem longe desse filme. :-)

Cassiano e Romeika, eu acho que a Emily Blunt fez este filme antes de receber toda crítica positiva por "O Diabo Veste Prada". Os próximos projetos dela são bem mais interessantes.

Ramon, cada filme é um filme. Pode ser que eu goste de "Desespero". :-)

Beijos e boa semana para todos!

Gustavo said...

uma pena q seja tão ruim assim, ainda tinha certa fé por causa da emily blunt que além de linda é boa atriz. mas acho q acaba sendo mais um filminho de terror comum né...

Kamila said...

Gustavo, você acertou: este filme é mais um filme de terror comum.