Tuesday, October 30, 2007

Rapidinhas Sobre a Awards Season 2008

- No Rome Film Festival, o grande vencedor foi a comédia “Juno”, do diretor Jason Reitman (“Obrigado por Fumar”), que, aos poucos, vem construindo sua trajetória rumo ao Oscar 2008. O júri composto por 50 cinéfilos reconheceu também o filme “Hafez”, do diretor iraniano Abolfazl Jalili e o diretor Sean Penn, que ganhou o Sponsor’s Award pelo trabalho no filme “Into the Wild”.

- Além do prêmio no Rome Film Festival, Sean Penn conquistou a estaueta de melhor diretor do ano pelo seu trabalho em “Into the Wild”, no 19th Palm Springs International Film Festival. O filme é o quarto a ser dirigido pelo ator e ainda recebeu o prêmio de melhor atuação masculina para o jovem Emile Hirsch. Outros vencedores do Palm Springs International Film Festival são: Marion Cotillard (Melhor Atriz por “Piaf – Um Hino ao Amor”) e Nikki Blonsky (Revelação por “Hairspray – Em Busca da Fama”). Os prêmios serão entregues no dia 05 de Janeiro de 2008.

- O ator espanhol Javier Bardem receberá o Montecito Award no Santa Barbara Film Festival. O prêmio “reconhece um ator ou atriz que deu uma série de clássicas e destacadas performances”. Bardem é um dos favoritos a estar na lista do Oscar pela sua interpretação no filme “No Country for Old Men”, dos irmãos Joel e Ethan Coen. Além deste filme, poderá ser visto também na adaptação de “Amor em Tempos de Cólera”, do diretor Mike Newell. Atualmente, o ator espanhol está em negociações para interpretar o papel principal de “Nine”, musical inspirado pela obra “8 ½”, de Federico Fellini, e que será dirigido por Rob Marshall (“Chicago”). Javier Bardem receberá o Montecito Award numa cerimônia que acontece no dia 28 de Janeiro de 2008.

12 comments:

Otavio Almeida said...

Kamila, estou louco pra ver JUNO. E os pr�mios ao filme do Sean Penn s�o merecid�ssimos.

Bjs!

Kamila said...

Somos dois, então, Otavio. Quero muito assistir "Juno". E, aos poucos, o filme do Sean Penn vai conquistando estes prêmios e se credenciando para o Oscar. Veremos se "Into the Wild" conseguirá algumas indicações.

Beijos.

Andressa Cangussú said...

Sean Penn é indicutivel! Merece mesmo os premios q vierem!

E me juntarei a vcs na expectativa de Juno.

No Cinematógrafo: Asas do desejo!

Vinícius P. said...

Hehehe, já tô começando a acreditar que "Juno" vai mesmo chegar ao Oscar, inclusive com chances de vencer o prêmio de melhor atriz. Mais parece o "Little Miss Sunshine" do ano, porém tem seus méritos. Estou ansioso mesmo é por "Into the Wild". Desde o primeiro trailer soube que deveria chorar bastante com a história, hehehehe. E mais que merecido o prêmio para o Bardem - que venha o Oscar!

Abraço!

Ramon Scheidemantel said...

Dos citados, um artista que está me surpreendendo é o ator Emile Hirsch.
Ele deve estar com um bom empresário!
Em breve farei um post de Os Reis de Dogtown, e comentarei isso.

Museu do Cinema said...

Se o Juno for melhor que o primeiro filme do diretor, será papa Oscar.

Mas tenho a impressão que a imprensa quer fazer desse filme, o Pequena Miss Sunshine do ano passado!

Otavio Almeida said...

É interessante o ponto de vista do Cassiano sobre as premiações. Kamila, acho que ele me convenceu. Os jornalistas decidem o Oscar...

Romeika said...

Não sabia que o Javier Bardem estava assim com tudo, sou bem por fora dessas premiações antes do Oscar, acho ótimo que vc poste esses updates por aqui.

Fico feliz pelo prêmio da Piaf e aguardo com ansiedade o filme do Sean Penn.

Kamila said...

Andressa, gosto muito do trabalho do Sean Penn como ator. Como diretor, ele ainda tem que provar que é bom. Veremos como ele se sai com esse "Into the Wild".

Vinícius, eu discordo plenamente das comparações feitas entre "Juno" e "Pequena Miss Sunshine". Os dois são filmes completamente diferentes. Mas, concordo quando você diz que esse filme está com cara de que vai chegar com tudo ao Oscar. Aliás, "Juno" já está na minha lista de previsões para melhor filme. E que venha o Oscar para Bardem. E também estou super entusiasmada para "Into the Wild".

Ramon, senti um tom de maldade em seu comentário. Eu gosto do Emile Hirsch. Acho-o bem talentoso e espero que ele continue com os bons filmes.

Cassiano, como disse ao Vinícius, discordo completamente das comparações entre "Juno" e "Pequena Miss Sunshine". A única coisa que os dois filmes têm em comum, além de uma história que enfoca a família, é o fato de que são produzidos pela Fox Searchlight.

Otavio, eu concordo plenamente com o Cassiano. Quem decide os filmes que serão considerados para o Oscar é a imprensa. Afinal, quem cria o buzz são os jornalistas que cobrem cinema.

Romeika, o Javier Bardem é favoritíssimo ao Oscar de melhor ator coadjuvante. E seria interessante vê-lo ganhando o Oscar, porque, na possibilidade da Marion Cotillard vencer também, teríamos dois atores estrangeiros vencendo o prêmio mais importante do cinema.

Wanderley Teixeira said...

Já podemos marcar, Juno(principalmente Ellen Page), Sean Penn,Marion Cotillard, Javier Bardem e quem sabe Nikki Blonsky(apesar de achar difícil) como fortes candidatos ao Oscar do ano que vem.

Kamila said...

Eu acho que, dos citados, a Nikki Blonsky é mesmo a mais difícil de ser indicada ao Oscar 2008.

Rocio said...

Show muito interessante, a verdade é que você sempre pode ter que assistir essas coisas para enriquecer os seus conhecimentos, gostaria de voltar no tempo e talvez encontrar um dos atores em um otica brasil.