Monday, October 22, 2007

Superbad - É Hoje (Superbad, 2007)

Na década de 80, filmes como os da série “Porky’s” popularizaram um tipo de história: a que retratava jovens estudantes do colegial que estavam loucos para perder a sua virgindade. Filmes como esse, que viriam ficar bem populares nas tão famosas sessões da tarde, eram marcantes também pelo humor juvenil, com piadas de teor sexual ou de duplo sentido. Uma fórmula que foi resgatada, no final da década de 90, pelos filmes da série “American Pie” – sendo que agora, além do humor juvenil, tínhamos também aquelas cenas escatológicas (a mais famosa seria a que o personagem de Jason Biggs tentava transar com uma torta).

A comédia “Superbad – É Hoje”, que foi escrita pela dupla de amigos Seth Rogen (visto recentemente em “Ligeiramente Grávidos”) e Evan Goldberg, e dirigida por Greg Mottola (seus créditos mais conhecidos incluem a direção de episódios das séries “Arrested Development” e “The Comeback”), tenta justamente recuperar o espírito de filmes como “Porky’s”. Nela, acompanhamos a história de dois amigos de infância, Seth (Jonah Hill, também visto em “Ligeiramente Grávidos”) e Evan (Michael Cera). A dupla está prestes a se separar – tendo em vista que vão cursar faculdades diferentes – e decidem aproveitar as duas últimas semanas de aula para tentar conquistar uma namorada para passar o Verão e chegar na faculdade como mestres na arte do amor.

O problema é que Seth e Evan não são do tipo que recebem inúmeros convites para as festas. Portanto, quando Jules (Emma Stone), a garota na qual Seth está de olho, o convida para sua festa; os dois amigos chegam à conclusão de que esta é a oportunidade de ouro para conseguir o que querem. Sendo que as táticas de conquistas deles são bem diferentes. Seth acredita que embebedar Jules será a receita certa para conseguir o que quer. Já Evan, que está caidinho por Becca (Martha MacIsaac), acha que a melhor saída é ser honesto com ela a respeito de seus sentimentos. A princípio, a tática de Seth vencerá e, para conseguir as bebidas para a festa de Jules, os dois amigos irão precisar da ajuda de Fogell (o estreante Christopher Mintz-Plasse) – o único do grupo que possui identidade falsa.

No geral, a trama de “Superbad – É Hoje” acompanha Seth, Evan e Fogell no dia da festa de Jules e todas as confusões em que eles irão se envolver – o caminho deles até irá se cruzar com os dos policiais Slater (Bill Hader) e Michaels (Seth Rogen). O filme tem cenas divertidíssimas, sem nunca apelar para o mau gosto, e se apóia nas boas performances de seu jovem elenco. De todas as caras novas que vemos na tela durante o filme, é bom prestar atenção na de Michael Cera. Um ator que foi revelado no excelente seriado “Arrested Development” e que, em 2007, tem tido um excelente ano no cinema. Além de “Superbad – É Hoje” (a comédia de maior sucesso no ano), o nome de Cera pode ser visto no elenco de “Juno”, o segundo filme do diretor Jason Reitman (de “Obrigado por Fumar”), e que foi a grande sensação do Toronto International Film Festival (de onde saiu cotadíssimo para o Oscar 2008).

Cotação: 6,5

Superbad - É Hoje (Superbad, EUA, 2007)
Diretor(es):
Greg Mottola
Roteirista(s): Seth Rogen, Evan Goldberg
Elenco: Jonah Hill, Michael Cera, Christopher Mintz-Plasse, Bill Hader, Seth Rogen, Martha MacIsaac, Emma Stone, Aviva, Joe Lo Truglio, Kevin Corrigan, Clement E. Blake, Erica Vittina Phillips, Joseph A. Nunez, Dave Franco, Marcella Lentz-Pope

16 comments:

Museu do Cinema said...

Ahhh, Porkys é obra-prima! Se o filme leva-se por esse caminho deve ser sensacional mesmo! Pq American Pie até era engraçado, mas bizarro!

Kamila said...

Cassiano, para mim, "Superbad" leva totalmente para o lado "Porky's" (também acho "American Pie" bizarro). Uma diversão inconsequente, garotos em busca de garotas e bebedeiras. Me diverti à beça com esse filme, que, mesmo tendo esse lado besteirol, ainda possui um toque bem meigo.

Você que sentia saudade das comédias dos anos 80, deveria assistir a este filme, Cassiano.

Rogerio Scheidemantel said...

Putz, Porkys era muito bom, os caras realmente apavoravam!!!
Mas nao acho 'American Pie" bizarro. Oq ocorreu foi que as sequencias ficaram meio sem-graça(fato que nao houve em Porkys).
Em vista disso, vou dar uma conferida nesse "Super Bad" quando der um tempinho.
Flw!

Vinícius P. said...

Apesar de preferir "Ligeiramente Grávidos", sem dúvida "Superbad" também é uma das melhores comédias do ano. Acho que resgata perfeitamente esse estilo dos anos 80, algo que "American Pie" não conseguiu - nunca gostei da série, achava o roteiro abaixo da média. Cenas divertidíssimas mesmo, como a do assalto e aquela outra que prefiro não comentar, hehehe. E estou ansioso por "Juno"!

Abraço!

Ramon Scheidemantel said...

Pelo jeito esse é um Porkys ainda mais "sensível" e que o American Pie? Vou assisti-lo, porém esperarei chegar às locadoras.

Museu do Cinema said...

É Kamila, acho que me convenceu, agora é arranjar tempo!

Otavio Almeida said...

Puxa, esse filme deve ser pra mim. Adoro PORKY'S, mas odeio AMERICA PIE.

Esse garoto é o George Michael do ARRESTED DEVELOPMENT, né?

Bjs!

Johnny Strangelove said...

olha ... vou lhe contar ... se for melhor do que o pavoroso Ligeiramente Gravidos ... já vale o ingresso ...
e na moral ... esse ano teve muitas surpresas que quando foi provar esse gosto ... era tão insosso ...

beijos e abraços

Kamila said...

Rogerio, seu pensamento tem fundamento, sim. E eu acho que "Superbad" é melhor que os três filmes de "American Pie" juntos.

Vinícius, concordo plenamente com seu comentário. Mesmo não sendo melhor que "Ligeiramente Grávidos", "Superbad" é um ótimo filme de comédia, com cenas engraçadíssimas. E eu também estou ansiosa por "Juno".

Ramon, é isso aí mesmo. :-)

Cassiano, se assistir ao filme, não se esqueça de falar depois o que achou.

Otavio, o Michael Cera é o George Michael Bluth, do seriado "Arrested Development".

João, eu acho que "Ligeiramente Grávidos" é o melhor filme de comédia do ano. "Superbad" não fica atrás.

Beijos.

Vulgo Dudu said...

Ah, como eu adoro essas comédias juvenis! E concordo com o Cassiano, "Porky's" é clássico. Inclusive, eu tenho todos aqui na prateleira de casa e não me canso de revê-los.

É uma experiência completamente nova assistir a filmes juvenis quando se está beirando o balzaquianismo.

Bjs.

Kamila said...

Eu também adoro comédias juvenis, Dudu.

Beijos.

Dewonny said...

Tô doido pra ver esse filme aí, adoro essas comédias adolescentes..hehe..abs!

Wally - Cine Vita said...

Além de divertido e genial, tem um sentimento único que estabelece uma conexão incrível entre o espectador e os personagens. Humor ótimo, personagens ótimos e momentos super engraçados. Adeus American Pie!

Nota 8,5

Kamila said...

Diego, eu amo comédias adolescentes. Adoro mesmo e este filme é super divertido.

Wally, concordo plenamente. Adeus American Pie!!!

Johnny Strangelove said...

eu disse eu disse ...
esse filme me fez rir do inicio ao fim ... e na moral ... Ligeiramente Gravidos é um porre ao lado dele ...

McLovin RULES!!!
EHEHEH

Kamila said...

Ah, João. Me permita discordar. Ainda acho que "Ligeiramente Grávidos" é a melhor comédia do ano. Mas, "Superbad" não fica atrás. O filme é engraçadíssimo!!!