Friday, June 13, 2008

Divulgado o trailer de "Miracle at St. Anna"

Recentemente, o nome do diretor Spike Lee foi envolvido em um grande imbróglio com a lenda do cinema norte-americano, o ator, diretor e produtor Clint Eastwood. Aquele acusou este de ser racista por não ter escalado nenhum ator negro para seus filmes “A Conquista da Honra” e “Cartas de Iwo Jima”. Tais declarações foram feitas enquanto Lee dava uma entrevista para promover seu mais novo projeto “Miracle at St. Anna”, filme que conta a história de quatro soldados negros que estão servindo ao Exército dos Estados Unidos, durante a II Guerra Mundial, na Itália. Perdidos de sua tropa, em um país no qual são tratados com muito pouco respeito, o grupo encontra o calor da humanidade em um vilarejo da região Toscana.

O trailer do filme foi liberado ontem e pode ser visto aqui:



Para ver o poster de “Miracle at St. Anna”, é só visitar o blog Museu do Cinema.

25 comments:

Romeika said...

Nao conhecia esse projeto, gosto de filmes de guerra, e por ter a mao do Spike Lee na direcao imagino um filme diferente da maioria dos filmes do genero. Que acusacao mais sem pe nem cabeca essa, hein? Nao tinha um personagem nativo americano (indio) em um dos filmes? Fora que Morgan Freemann atuou em "Million Dollar Baby".

Bom fds, Kamila!

Kamila said...

Romeika, sabe aquele velho ditado: quem fala o que quer, ouve o que não quer?? Foi justamente isso que aconteceu com o Spike Lee. Falou besteiras!

Bom final de semana, Romeika!

Isabela said...

O filme/miserie do ELVIS realmente é maravilhoso. No Brasil ele foi lançado ano passado, no inicio e eu admito que tava um tanto receosa, mas é divino! o Jonathan esta maravilhoso, e até minha mãe que era fanática pelo Elvis achou divina a performace, realmente a altura do rei.

Louis Vidovix said...

Tb não tinha ouvido falar desse projeto, Ka, mas gostei bastante do trailer e Spike é um diretor sempre interessante!

Bom fds! =p

Otavio Almeida said...

Gostei do trailer. Adoro filme de guerra e gosto do Spike Lee. Bobagem o que ele disse ao Clintão, mas o que me interessa é o cinema dos dois...

Ah, comentei no seu post de SEX AND THE CITY.

Bjs! Bom fim de semana!

Pedro Henrique said...

Também gosto do Spike Lee e gostei do trailer. Segunda Guerra sempre é interessante, vamos ver...

Abraço e bom final de semana, Kamila!

Robson Saldanha said...

Pense num bafafa grande essa briga desses dois tão renomados diretores... espero que não tenha maiores consequencias. quanto ao filme parece ser bom, adoro filmes sobre guerras!

Marcel Gois said...

Não sou muito fã de filmes de Guerra, mas ainda assim procuro assistir os que mais me interessam, gostei desse trailer e acho que devo conferir sim. =D

Rodrigo Fernandes said...

Spike lee faz filmes bons, só precisa calar a boca algumas vezes... e igual ao pelé, niguem discute o quanto ele foi um grande jogador... mas qdo ele abre a boca só fala merda...
Beijos...

Kamila said...

Isabela, depois que li seu pequeno texto, fiquei com muita vontade de assistir à minissérie!

Louis, concordo. E parece ser algo bem diferente de tudo que o Spike Lee fez.

Otavio, também gostei muito do trailer e adoro filmes de guerra.

Pedro, Robson e Marcel, eu também quero muito assistir a este filme!

Rodrigo, isso é verdade.

Bom final de semana a todos!

Isabela said...

Apesar de não gostar do Spike Lee, costumo gostar de algumas de suas obras.

Marfil said...

Apesar do pedigree para Oscar, o projeto não me atrai muito... Não gosto de Spike Lee

Roberto Queiroz said...

Kamila,
quanto à polêmica acho meio vazia, porque o próprio Lee já foi criticado em filmes anteriores por não ter escalado atores brancos. Já o filme aguardo coisas muito boas dele, pois já havia visto o trailer e fico impressionado. Até porque Spike lee vive um bom momento após O Plano Perfeito e o documentário para a HBO Quando os diques se romperam sobre a tragédia do furacão Katrina. vale ficar de olho!

Saudações,
Roberto.

Vinícius P. said...

Não conhecia esse filme e fiquei bastante interessante. O Spike Lee é um excelente diretor (e tem alguns dos melhores filmes das últimas duas décadas), pena que nunca foi reconhecido - espero que isso ocorra com esse "Miracle at St. Anna". E gostou do "Hulk" (ainda não vi)? Abraço!

Kamila said...

Isabela e Marfil, eu gosto de vários filmes do Spike Lee. Esse parece ser bem interessante.

Roberto, exatamente. O Spike Lee passa por um momento criativo muito bom. Espero pelo lançamento do novo filme dele.

Vinícius, também acho que o Spike poderia ser mais reconhecido pelo seu trabalho. E adorei o novo "Hulk", mas sou suspeita para falar disso, já que adoro tudo do Edward Norton! ;-)

Wally said...

Nem preciso mais entrar em sites de cinema. Os melhores trailers você posta aqui. Amo filme de guerra e admiro muito Spike Lee. Portanto, vou ver esse com muita expectátiva.

Agora, ridículo o que Lee disse à Eastwood!

Ciao!

Luciano Lima said...

Este filme promete muito! Quanto a acusação do Lee, é algo que não me admira muito. Ele tem esses rompantes de quem "defende a causa" e quase sempre mete os pés pelas mãos. Ele se expressa melhor dirigindo filmes hehehe.

Vinicius Silva said...

Sempre gostei do gênero e provavelmente devo assistir a este longa do Spike Lee. Conheço pouco a filmografia dele. Vi um filme recentemente no TC Cult e gostei, apesar de não ter visto nada demais.

O cara já falou demais, vamos ver se o filme comprova algo que ele falou ou se ficou apenas no discurso..

beijos

cineresenhas said...

Kamila, Spike Lee pode ser um bom diretor, mas fala cada bobagem... Ele também um dia criticou Woody Allen pelo mesmo motivo. Já sabia deste projeto, mas não imaginava que as coisas estavam indo tão rápido no ponto de já divulgarem pôster e trailer. No mais, concordo com o Luciano.

Beijos!

Vinicius da Costa said...

Não me chamou atençao esse filme, sei la, nao gosto muito desse tipo de filme, mas o trailer é bom.

Nespoli said...

É um tema muito complicado essa em que o Spike Lee se engaja, mas ele diz muita verdade por mais que pareça bobagem... Recentemente os soldados negros participantes da batalha de Iwo Jima criticaram a exposição da mídia que não tocavam nos seus sacríficios... Infelizmente essas coisas passam desapercebido, mas é a mais pura verdade, a crítica do Spike Lee foi pq não é justo um diretor (por melhor que seja, e eu acho um dos melhores) que não seja engajadio com a causa negra faça um dilme sobre o Mandela, como o Clint fará... Mas sei lá, a crítica foi muito veemente, mas a resposta do Clint foi mais sem educação ainda, mandar calar a boca? Quem ele pensa que é? No mais, to doido pra ver o filme, rs...

Kamila said...

Wally, a briga é ridícula mesmo! Obrigada pelo comentário e também adoro filmes de guerra, assim como as obras do Spike Lee.

Luciano, exatamente! :-)

Vinícius, também conheço pouco da obra do Spike Lee, mas gosto dos filmes dele que assisti.

Alex, não sabia que ele também tinha se envolvido em polêmicas com o Woody Allen. Que coisa!!

Vinícius, eu sou fã de filmes de guerra e achei esse trailer muito bom.

Nespoli, muito bom ver uma outra perspectiva sobre essa polêmica. O Clint é esse cara durão mesmo, por isso nem estranho a reação dele! No mais, quero muito ver esse "Miracle at St. Anna".

Museu do Cinema said...

Como já disse, o Spike Lee calado fazendo filmes é gênio.

Gostei do trailer Kamila, o que achou?

Valeu pelo link.

Weiner said...

É a mais pura verdade. Os EUA são repletos de cidadãos negros, e eu acho o Eastwood preconceituoso sim. Li certa vez que ele se negaria a entregar a estatueta de melhor filme se acaso "Brockeback Mountain" ganhasse. Daí tira-se uma base dos dogmas de Eastwood. Belo trailer!

Ramon said...

Não estava ligado nesse lançamento. Havia visto o cartaz no Blog do Cassiano, mas nem tinha de dado conta da grandeza da obra.
Se o for metade do que o trailer promete será uma obra-prima!