Tuesday, March 13, 2007

O Motoqueiro Fantasma (Ghost Rider, 2007)


Toda a trama do filme “O Motoqueiro Fantasma”, do diretor e roteirista Mark Steven Johnson, se baseia em uma lenda que afirma que o diabo possui um ajudante que ganhou o nome de motoqueiro fantasma. Esse auxiliar trabalha na terra, durante a noite, e se alimenta dos pecados das almas daqueles que fugiram do inferno. Geralmente, o motoqueiro fantasma é alguém que fez um pacto com o demônio. O trabalho que eles desempenham é só uma maneira que o diabo arrumou para coletar a sua dívida.

No filme, a bola da vez é Johnny Blaze (Matt Long quando jovem e Nicolas Cage quando adulto), que faz um show de acrobacias em motocicletas com o pai Barton Blaze (Brett Cullen). Quando descobre que o pai está com um câncer em estágio avançado, Johnny recebe a visita de Mefisto (Peter Fonda), o diabo em si, que o faz uma proposta “irrecusável”: ter a saúde do pai em troca de sua alma. Assim que o trato é feito, Johnny logo percebe que sua vida será pautada por muito sofrimento – afinal, ele perde as pessoas que mais amava: o pai (que morre ao fazer uma das acrobacias do show) e a namorada Roxanne Simpson (Raquel Alessi quando jovem e Eva Mendes quando adulta).

Quando a platéia reencontra Johnny Blaze, ele fez fama e riqueza como o mais importante astro de acrobacias em moto que o mundo conhece. E ele ainda tem uma personalidade que vai de encontro ao estereótipo do motociclista: ele é fã da música dos The Carpenters, não bebe e é um consumidor ferrenho de jujubas. Além disso, Johnny tem medo e temor de que, um dia, Mefisto venha cobrar a sua parte no trato. E o demônio aparece no pior momento – o do reencontro com Roxanne – para pedir que Johnny o ajude a se livrar de seu filho Blackheart (Wes Bentley, o sumido ator de “Beleza Americana”), que quer tomar o lugar do pai como dono das maldades humanas.

“O Motoqueiro Fantasma” é um daqueles filmes que vai fazer parte do segundo escalão de películas com heróis da Marvel Comics (“Demolidor – O Homem Sem Medo”, outro filme dirigido por Mark Steven Johnson, é um representante desse segmento mais “pobre”). A execução dada pelo diretor é muito interessante, mas o filme peca em elementos importantíssimos, como roteiro e elenco. A princípio, a história de “O Motoqueiro Fantasma” não parece ter muitas ambições, mas fica muito difícil acreditar na transformação de um homem que só queria ter a sua vida de volta em um herói que luta contra o demônio.

A platéia não acredita nesta transformação, pois o diretor Mark Steven Johnson não consegue tirar de seus atores (com exceção de Eva Mendes) interpretações convincentes. Wes Bentley e Peter Fonda estão no piloto automático e parece que tiveram seus rostos congelados. Não se sente qualquer emoção, raiva ou repúdio na interpretação deles. O mesmo é o caso de Nicolas Cage, um ator que tinha tudo para ser um dos grandes astros do cinema atual, mas que, depois do Oscar de Melhor Ator pela sua interpretação em “Despedida em Las Vegas”, mais tomou decisões erradas do que acertadas.

Cotação: 0,5

Crédito Foto: Yahoo! Movies

28 comments:

Kamila said...

Odiei essa porcaria de nova configuração do blogger. Agora vai ficar tudo misturado....

Museu do Cinema said...

Mas tem como mudar Kamila, escolha na fonte!

Kamila said...

Eu tentei, mas não encontrei a fonte que eu usava antigamente... Você pode me ajudar, Cassiano?

Peixe said...

Kkkkkkkkkkk... adorei a nota, Kamila!!!

bjs e nao tô em dia com os cinemas e consequentemente com seu blog, tanta coisa pra fazer... mas aos pouquinhos vou retomando.

bjsss!!!

Kamila said...

Felipe, não tem problema. Sei o quanto você é uma pessoa ocupada. Adoro suas visitas e seus comentários. :-)

Beijos!

Museu do Cinema said...

Visto que cheguei tarde e a ajuda não é mais necessária...

Nicolas Cage depois do maravilhoso filme Despedida em Las Vegas não fez nada.

romeika said...

Minha nossa, 0,5! Depois da bomba "The Wicker Man" o Nicolas Cage conseguiu fazer algo pior?!? Ainda bem que eu nao fui ao cinema, Kamila.. Ele que eh um fã de quadrinhos e super-herois se mete logo num projeto pobre assim? Lembra a epoca em que ele estava cotado pra ser o novo Superman? Talvez ele estivesse louco pra participar de uma producao assim que nao quis esperar por uma oportunidade melhor...

Vou fugir desse filme.

Túlio Moreira said...

0,5???????? Kamila, agora você me deixou com vontade de ver essa bomba!!!!!!!

BJO!

Túlio Moreira said...

Ah, respondi o post de Heat!

BJO!

Otavio Almeida said...

UAU! Tb detonei!!! Como diz o Marlon Brando em APOCALYPSE NOW, "o horror... o horror..."

Bjs!

Kamila said...

Romeika, acho que essa experiência foi tão traumática para o Nicolas Cage que ele já disse que esse será o único filme de super-heróis que ele fará.

Túlio, não faça isso com você. Só assista "Motoqueiro Fantasma" se você ganhar um convite para ir assistir de graça - o que foi o meu caso.

Otávio, o filme é um horror mesmo!

Cassiano, se eu continuar me enrolando nesse negócio novo do Blogger, vou querer sim ajuda. Qualquer coisa eu te mando um e-mail.

Kamila said...

Cassiano, ignore minha última mensagem. Acabei de mexer nessas configurações e deu tudo certo. Agora eu sei como deixar tudo do jeito que estava antes.

Obrigada!

Otavio Almeida said...

Ei, vc deu nota 0,5! Dei meia estrelinha tb!!!!!! Show!!!!!! Muito bom!

Bjs!

Túlio Moreira said...

Bah, Kamila! Ingresso grátis não tenho... Mas o trailer de Ghost Rider enganou muito bem. O trailer vende um filmaço! Quero conferir, mas realmente não vai ter como ser nos cinemas. Finalmente estréia na sexta Cartas de Iwo Jima e Scoop aqui em Goiânia!

BJO!

Kamila said...

Túlio, que bom que estes dois filmes vão estrear aí. Uma das estréias de Natal é "O Último Rei da Escócia".

Beijo.

Túlio Moreira said...

É, Kamila, parece que a coisa aqui em Goiânia vai dar uma melhorada porque amanhã é o lançamento de um novo multiplex Cinemark. Até agora, apenas os grupos Lumière e Severiano Ribeiro estavam presentes na capital. Agora é esperar pra ver como vai ser a política de lançamentos do novo grupo.

O Último Rei da Escócia acho que continua sem previsão por aqui...

BJO!

Kamila said...

Túlio, se a política do Cinemark daí for igual à do Cinemark daqui, você vai continuar sem assistir a alguns filmes...

Beijo.

Túlio Moreira said...

Ow, Kamila, muito obrigado por me manter atualizado quanto à minha musa ABSOLUTAAAAAA!!!! Sempre é bom ver Mrs. Pfeiffer. ^_^

Ah, um dia o Brasil chega lá e teremos todos os filmes em cartaz! Sonhar, né?

BJO!

Kamila said...

Não custa nada sonhar, Túlio. Concordo plenamente. :-)

E sempre estou bem informada sobre a Michelle, pois sou leitora assídua de um blog cujo autor é um grande fã da Michelle Pfeiffer. Aí, ele faz uma cobertura especial dos filmes dela.

Museu do Cinema said...

Nós não temos cinemark aqui e o único multiplex digno tá fechado pq não paga o ECAD...

Kamila said...

Não acredito que Salvador não tenha um Multiplex digno, Cassiano...

As duas salas de cinema que temos aqui em Natal são do sistema multiplex: Cinemark e Moviecom.

Túlio Moreira said...

Kamila, finalmente o Cinemark fez sua estréia em terras goianienses... Não sei se é o gás do começo, mas foram sete filmes estrando em cartaz hoje em Goiânia! Cartas de Iwo Jima, Dreamgirls, Scoop, Ponte Para Terabítia (acho que é assim que escreve), Sangue e Chocolate e Borat. Como quero muito ver Cartas de Iwo Jima duas vezes, acho que vou poder escolher só mais um... estou em dúvida entre Scoop e Borat... O que você me sugere?

BJO!

Otavio Almeida said...

É difícil falar PONTE PARA TERABÍTIA... Eta nome...

Kamila said...

Túlio, "Borat" é um filme imperdível, mas se eu tivesse que escolher entre os dois que você sugeriu, ficaria com "Scoop", que acho que é o filme que tem menos chances de permanecer mais de uma semana em cartaz por aí.

Não se entusiasme muito com o Cinemark. Na primeira semana deles aqui em Natal, a programação deles foi super caprichada. Além disso, eles chegaram cheios de boas promessas. Até agora nenhuma dessas promessas foi colocada em prática e a programação só fez descer ladeira abaixo.

Bom final de semana!

Otavio Almeida said...

Oi Kamila!

Depois olha o e-mail que eu te mandei sobre aquele texto que venho falando... Ainda não está pronto e te perguntei umas coisas... Depois olha lá. E pode mexer no texto, ok?

Bjs, e bom final de semana!

Túlio Moreira said...

Kamila, obrigado pela dica. A verdade é que depois que as aulas começaram, eu ando meio sem tempo... Você sabe como é a profissão de jornalista, né? E eu tô fazendo estágio, então a coisa complica. Mas vou tentar ir ao cinema pelo menos duas vezes essa semana. Também tô querendo conferir Scoop, adoro Allen e a Scarlett.

Ah, não sei se você gosta do filme Bonequinha de Luxo, mas ele é a "Imagem da vez" dessa vez lá no CK, hehehehehehe...

BJO e bom final de semana!

Kamila said...

Túlio, sei muito bem o que é ficar sem tempo para fazer as coisas que a gente gosta, mas tenho certeza de que você arrumará uma brecha para assistir "Scoop".

Beijo!

Wanderley Teixeira said...

Eu detestei tudo desse filme.Formulazinha de blockbuster mediocre esta...