Thursday, October 18, 2007

Stardust - O Mistério da Estrela Cadente (Stardust, 2007)

Os roteiros de filmes de aventura, na sua maioria, colocam um herói ou uma heroína fora do local que eles chamam de lar, vivendo uma jornada que irá marcar a vida dele (a) para sempre. O roteiro de “Stardust – O Mistério da Estrela Cadente”, que foi escrito por Jane Goldman e Matthew Vaughn (tendo como base a graphic novel de Neil Gaiman e Charles Vess), possui a mesma estrutura. Tristan (Charlie Cox) vive em uma pequena cidade do interior, aonde leva uma vida simples morando com o pai e trabalhando como balconista em uma loja de mantimentos. Ele se apaixonou por Victoria (Sienna Miller) e fará tudo para conquistar o amor dela. Numa bela noite, enquanto olham a paisagem, o jovem casal vê uma estrela cadente caindo. É aí que vem a promessa que irá mudar a vida de Tristan: se ele trouxer a estrela cadente para Victoria, terá a mão dela em casamento.

Portanto, “Stardust – O Mistério da Estrela Cadente”, filme do diretor Matthew Vaughn, segue a jornada de Tristan em um reino misterioso que fica localizado atrás das muralhas de sua cidade. Nesta viagem, Tristan irá amadurecer, descobrirá o que é amor verdadeiro, terá uma surpresa agradável – a estrela aparece para ele na forma de Yvaine (Claire Danes) –, encontrará figuras interessantes – o Capitão Shakespeare (Robert de Niro) e sua trupe de piratas, o vendedor Ferdy (Ricky Gervais) – e, para defender Yvania, enfrentará alguns inimigos – a bruxa Lamia (Michelle Pfeiffer) e o príncipe Septimus (Mark Strong).

“Stardust – O Mistério da Estrela Cadente” era um filme que deveria ter sido dirigido por Terry Gilliam, mas, como ele havia acabado de fazer “Os Irmãos Grimm”, não queria repetir o tema de conto de fadas. A decisão dos produtores em contratar Matthew Vaughn (do ótimo “Nada é o que Parece”) se revelou a mais acertada. O diretor inglês realiza um bom trabalho, em um filme que tem uma produção bem caprichada e que se apóia no carisma de seus atores. Charlie Cox, Michelle Pfeiffer e Robert de Niro brilham em um filme que, se não repetiu o sucesso de outros filmes do gênero (tendo em vista que arrecadou quase 39 milhões de dólares somente nos EUA), com certeza não faz feio se comparado a estas obras.

Cotação: 7,0

Stardust - O Mistério da Estrela Cadente (Stardust, Inglaterra, EUA, 2007)
Diretor(es): Matthew Vaughn
Roteirista(s): Jane Goldman, Matthew Vaughn
Elenco: Charlie Cox, Claire Danes, Robert De Niro, Sienna Miller, Michelle Pfeiffer, Jason Flemyng, Rupert Everett, Ian McKellen, Peter O'Toole, Henry Cavill, Ricky Gervais, Ben Barnes, Dexter Fletcher, Sarah Alexander, Mark Strong

14 comments:

Otavio Almeida said...

Olha... eu achei um trabalho digno de Xuxa e Didi. Lamentável. Saí muito chateado do cinema.

Bjs!

Kamila said...

Acabei de ler sua crítica, Otavio. E respondi ao seu texto lá no Hollywoodiano mesmo, com minhas impressões sobre o filme.

Vinícius P. said...

Ah, que legal, também dei nota 7,0 para o filme. Como cinema de fantasia, está mais para um "Os Irmãos Grimm" do que para "O Senhor dos Anéis" (comparando a qualidade), mas sem dúvida tem momentos bem divertidos. E não entendo o fracasso nas bilheterias, pois é bem melhor que uma dúzia de filmes do verão americano. Enfim, às vezes eu só preciso de um filme desse tipo - apenas para divertir, não pensar muito...

Abraço!

Museu do Cinema said...

É Kamila, gostei muito do primeiro filme do diretor, mas não sou fã desse gênero, vou deixar para conferir em DVD.

Gustavo said...

To curioso pra caramba pra ver esse filme, kamila. o elenco é ótimo, e me lembra um pouco o clássico da sessão da tarde "a princesa prometida".

Ramon Scheidemantel said...

Ixx... estou em uma indecisão cruel: Tenho de assistir o filme no cinema, mas sua nota até que foi boa. Gosto do gênero, mas o comentário do Otavio me deixou com a pulga atrás da orelha.
Sei lá... vou deixar rolar. Talvez espere chegar às locadoras.

Romeika said...

Kamila, esse é um filme que me atraiu mais pelo elenco do que pelo tema em si, e olha que eu gosto muito desse gênero fantasia. Apesar de algumas críticas negativas, ainda quero ir ao cinema.

Kamila said...

Vinícius, quando eu vi a bilheteria de "Stardust" fiquei meio chocada, mas acho que isso se deve ao fato de que o filme, com exceção da Michelle Pfeiffer e do Robert de Niro, tem um elenco meio desconhecido das platéias dos EUA e que não atrai mesmo as pessoas para assistir ao filme. No mais, concordo com tudo que você escreveu.

Cassiano, eu também gosto muito de "Nada é o que Parece".

Gustavo, se você está curioso e gosta de filmes no gênero, pode ir assistir "Stardust" que você irá gostar.

Ramon, fique à vontade. O filme funcionará nos cinemas e nas locadoras. E, em casa, você não corre o risco de pegar uma cópia dublada, como foi meu caso.

Romeika, eu acho que você vai adorar este filme.

Beijos e bom final de semana!

Romeika said...

Eita, depois que eu assistir eu te digo o que achei. Beijos e Bom fds=)

Kamila said...

Vou aguardar seu comentário sobre o filme.

Bom final de semana para você também!

wally - cine vita said...

Me recusei a ver este filme aqui, que só chegou dublado...

Que ódio!!!!!!!!!!!!!

Kamila said...

Eu assisti ao filme dublado mesmo, Wally...

Wanderley Teixeira said...

Eu adorei Stardust, me lembrou muito produções que passam repetidas vezes na tv durante às tarde, o que me leva diretamente a minha infância.Achei perfeitamente bem executado, uma surpresa muito bem vinda.

Kamila said...

Wanderley, o filme realmente é uma surpresa. Muito bem executado, com uma história que nos lembra mesmo os filmes dos anos 80, na Sessão da Tarde.