Monday, January 14, 2008

65th Annual Golden Globe Awards 2008 - Vencedores

Foi uma conferência de imprensa fria e direta. Sem estrelas, piadinhas ou discursos de agradecimento. Mas, quando jornalistas da área de entretenimento se uniram para anunciar os vencedores da 65ª edição dos Golden Globe Awards, não ficamos livres das surpresas.

As maiores delas aconteceram nas categorias de Melhor Direção, Melhor Roteiro (onde a favorita Diablo Cody foi preterida), Melhor Série Dramática, Melhor Ator em Série Dramática, Melhor Série de Comédia, Melhor Atriz em Série Cômica, Melhor Filme ou Minissérie para a TV e Melhor Atriz Coadjuvante em TV (onde a “it girl” Katherine Heigl não saiu vencedora).

No entanto, o que a lista de vencedores do Golden Globe Awards 2008 mostra é a falta de sintonia da premiação com os outros shows. A Hollywood Foreign Press Association (HFPA) fugiu das tendências e, nas categorias principais, premiou “Atonement” e “Sweeney Todd – The Demon Barber of Fleet Street” – filmes que, em conseqüência, voltam com tudo para a corrida ao Oscar. Aliás, tanto o filme de Joe Wright como o de Tim Burton foram os líderes de prêmios ao lado de “No Country for Old Men” e “The Diving Bell and the Butterfly”, com duas estatuetas cada. Do lado de TV, “Longford” foi o grande vencedor, com três prêmios.

A lista de completa de vencedores do Golden Globe Awards 2008:

Melhor Filme Drama
"Desejo e Reparação"

Melhor Filme - Comédia ou Musical
"Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet"

Melhor atriz - Drama
Julie Christie ("Longe Dela")

Melhor ator - Drama
Daniel Day-Lewis ("Sangue Negro")

Melhor atriz - Comédia ou Musical
Marion Cotillard ("Piaf - Um Hino ao Amor")

Melhor ator - Comédia ou Musical
Johnny Depp ("Sweeney Todd")

Melhor Ator Coadjuvante
Javier Bardem ("Onde os Fracos não têm Vez")

Melhor Atriz Coadjuvante
Cate Blanchett ("I'm Not There")

Melhor Diretor
Julian Schnabel ("O Escafandro e a Borboleta")

Melhor Roteiro
Onde os Fracos não têm Vez ("Joel Coen, Ethan Coen")

Melhor Filme em Língua Estrangeira
"O Escafandro e a Borboleta" (França, EUA)

Melhor Filme de Animação
"Ratatouille"

Melhor canção
"Into the Wild" ("Guaranteed")

Melhor Trilha Sonora
"Desejo e Reparação" (Dario Marianelli)

Televisão

Melhor série dramática
"Mad Men"

Melhor série cômica
"Extras"

Melhor minissérie ou filme para televisão
"Longford"

Melhor ator em minissérie ou filme para televisão
Jim Broadbent ("Longford")

Melhor atriz em minissérie ou filme para televisão
Queen Latifah ("Life Support")

Melhor ator em série cômica
David Duchovny ("Californication")

Melhor atriz em série cômica
Tina Fey ("30 Rock")

Melhor ator em série dramática
Jon Hamm ("Mad Men")

Melhor atriz em série dramática
Glenn Close ("Damages")

Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV
Jeremy Piven ("Entourage")

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV
Samantha Morton ("Longford")

18 comments:

Museu do Cinema said...

Acho que eles já previam o desastre que seria...cade os Coen? cade o PTA?

O que é isso? Esses caras enlouqueceram mesmo!

Vinicius Silva said...

Os Coen ganharam Cassiano na categoria de Roteiro Adaptado. Fiquei surpreso com a premiação de melhor filme para "Atonement". Achei que poderia ficar entre "There Will be Blood" ou "No Country for Old Men". Daniel Day-Lewis está perfeito em "There Will Be Blood" e levou a estatueta merecidamente. Ele deve levar o Oscar também, to apostando todas as minhas fichas nele. Queria que o Depp levasse, mas o Oscar nao gosta dele aiauiahu

beijos Kamila

Kamila said...

Cassiano, pelo menos os Coen venceram em roteiro - superando a favoritíssima Diablo Cody.

O interessante também é ver que, no Globo de Ouro 2008, tivemos um equilíbrio muito grande entre os filmes considerados favoritos. Tirando THERE WILL BE BLOOD todos ganharam dois prêmios.

Vinícius, também fiquei surpresa com a vitória de ATONEMENT, mas muita gente cantava essa pedra, assim como a vitória de SWEENEY TODD. Acho que esses dois filmes foram os maiores beneficiados pelo Globo de Ouro e concordo com você: no Oscar, deve prevalecer a briga NO COUNTRY FOR OLD MEN vs THERE WILL BE BLOOD.

Museu do Cinema said...

Roteiro? É um prêmio menor, é como medalha de bronze. Os Coen não merecem isso.

É dificil falar sem ter visto nada, mas pelo histórico eles estão querendo fazer dos Coen e do PTA os novos Scorseses de Hollywood, e ai daqui há 40 anos vão dar o prêmio a eles por um filme menor por recompensa.

Museu do Cinema said...

Hollywood é uma merd...mesmo, eles só acham que é gênio depois que ficam velhos. Kubrick nunca foi gênio nessa terrinha, Scorsese idem, Leone, e por ai vai...Depois que morrem (tirando Scorsese claro) parece que toda a esquina tem um busto deles.

Victor Nassar said...

Quem quer prêmio levanta a mão!!!
E todos viveram felizes pra sempre...

Vinicius Silva said...

aiuhaiuhiauhuiaiuu

o cassiano aiuahiuahuai

Mas é verdade. E o Scorcese levou o prêmio por "Os Infiltrados". Não que o filme seja ruim mas, putz, ele faz tantos outros melhores que este e poderia, sem dúvida alguma, ficar esperando tanto tempo pra receber a sua estatueta. Acho que o Globo de Ouro ressalta a sensibilidade, por isso a premiação para Atonement. Veja tantos críticos. inclusive o diretor Heitor Dhalia, falando na sensibilidade do Oscar e que os votantes gostam disso. Eu não duvido nada que Atonement leve o Oscar desbancando "No Country For old Men". Adorei o filme. Ainda nao vi There Will Be Blood, mas o meu Paul Torrent já está funcionando!

Wally said...

Gostei dos premiados, odiei a premiacao.

Aquele comentário do sujeito Bush sobre Blanchett foi de matar...

Ciao!

Vinícius P. said...

Que Golden Globe sem graça! Só o SAG e o Oscar agora para salvar a temporada de prêmios - isso se o segundo realmente ocorrer. No geral gostei muito dos vencedores, inclusive por "Desejo e Reparação" mostrar que continua na briga por uma das cinco vagas no Oscar de melhor filme - e acho difícil não concorrer depois dessa vitória. De resto, não tivemos muitas surpresas, especialmente nas categorias de atuação, que devem ser os mesmos vencedores no Oscar (tirando a Blanchett, pois ainda acho que a Amy Ryan é imbatível). Das séries de TV, estou feliz por "30 Rock" e "Entourage" - as únicas que acompanho (!).

Abraço!

Rodrigo Fernandes said...

tomara que O Oscar nãos eja assim, pois os boatos que correm é que também possa a ser cancelado… enfim… fiamos na expectativa..
agora me surpreendeu esse “Desejo e Reparação” pois muitos falam bem outros falam bem mal..heheh… mas que foi o garnde vencedor da noite… outro destaque fica por conta do Jhonny deep, será que Oscar deve também seguir o Globo de Ouro como afz geralment,e se bemq ue não têm ocorrido nos últimos anos… mas foi muito bem merecidissimo, pois sou fã do cara e essa parceria ti burto e deep s´[o tem rolado filems bons… ou masi ou menos como foi aquele dos chocolates na fábrica, ehhehe….
Surpresa mesmo foi a Julian ter levado o prêmio…
Nãos ei se deve ser uma prévia do Oscar esses vencedores, mas com certeza muitos resultados serão repetidos na festa da academia… só esperamos que não seja via coletiva de impressa como foi essa…
abraços

Rogerio said...

Ai, ai Kamila, retiro oque disse no post anterior, sobre o GG ser mais justo. Que decepçao nestes premios. O jeito é pôr as fichas no Oscar.

Teh mais!!

Arthur said...

Assim como vc tbm fiquei surpreso, com as msms coisas que vc, mas seria mais legal se tivesse a festa da premiação.
Por outro lado não queria ver nenhum dos vencedores discursando, exceto por Johnny Depp, David Duchovny, Tina Fey, Cate Blanchett e Queen Latifah.

Uma pena Juno não ter levado nada.

Ahhh queria tanto que a Katherine Heigl tivesse levado o GG... mas tudo bem, quem sabe na quarta indicação ela não leva (Jeremy Piven esta aí para comprovar isso!)

Kamila said...

Cassiano, acho que, quando os vencedores do Oscar forem anunciados em Fevereiro, você reconsiderará essa sua afirmação. A noite tem tudo para ser a consagração de Joel e Ethan Coen e, como o Otavio bem disse, por um filme que não abandona aquele estilo clássico deles - o que é ótimo.

É isso aí, Victor!!

Vinícius, queria ser tão otimista quanto você, e concordo que "Atonement" é o tipo de filme que a Academia adora. Mas, eu ficaria super surpresa se o filme do Joe Wright superasse "No Country for Old Men" ou, até mesmo, "There Will Be Blood".

Wally, o Billy Bush estava torcendo pela Amy Ryan. Por isso o péssimo comentário. Mesmo assim, ele deveria ter sido imparcial naquele momento.

Vinícius, com a ausência de "Atonement" da lista do PGA, acho muito difícil que o filme seja indicado ao Oscar. Também acho que Amy Ryan prevalecerá no final e, do lado de TV, vibrei horrores com as vitórias de "Longford".

Rodrigo, eu acho justamente o contrário: que será muito difícil revermos os mesmos vencedores no Oscar, salvo Javier Bardem, Daniel Day-Lewis e Julie Christie. E espero que a greve do WGA não afete o Oscar.

Rogerio, os Golden Globes estão, aos poucos, perdendo esse posto de precursor dos Oscars. Eu sou mais o prêmio da Academia!

Arthur, eu também senti falta dos discursos de vencedores, mas fiquei feliz porque a conferência de imprensa foi curta. Assim, pude dormir mais cedo! :-)

Romeika said...

Ah, nem vi, o que foi que disseram da (Cate?) Blanchett??

Marcus Vinícius said...

Seria um verdadeiro crime se o Duchovny não tivesse ganho.

Bjo!

Pedro Henrique said...

Dos meus palpites só errei dois, Diretor e Atriz, sendo o segundo de pura teimosia, pelo fato de ser óbvia a vitória da Julie.
Abraço, valeu.


Obs:Adicionei teu blog na minha lista de acessos.

Kamila said...

Romeika, o Billy Bush disse isso aqui: “I’m a little bit shocked here to be honest with you,” said Bush, who was rooting for Amy Ryan in “Gone Baby Gone.” “At the end of the day, it’s a woman imitating a man.”

Marcus, o Duchovny merecia ganhar e a vitória dele foi uma boa surpresa.

Pedro, obrigada por ter adicionado. Errei alguns palpites, especialmente na parte de roteiro, direção e nas categorias de filmes para TV.

Romeika said...

Kamila, que babaca! E eu não sei o que todo mundo viu na interpretação da Amy Ryan:-S Da-lhe Blanchett! ^^