Wednesday, January 09, 2008

Reine Sobre Mim (Reign Over Me, 2007)

Nos três filmes que lançou, o diretor e roteirista Mike Binder trabalhou com um tema em comum: seus personagens principais eram pessoas que estavam tentando descobrir algo sobre si mesmas de forma que possam seguir um caminho definitivo em suas vidas. Na sua obra mais recente, “Reine Sobre Mim”, encontramos dois seres nessa situação: os amigos Alan Johnson (Don Cheadle) e Charlie Fineman (Adam Sandler), que, por uma dessas circunstâncias do destino, acabam se reencontrando anos depois de terem se visto pela última vez.

O encontro acontece numa hora bastante propícia para os dois. Alan está naquela fase em que conseguiu – no lado pessoal e profissional – tudo aquilo que podia. Ele se sente sufocado no casamento com Janeane (Jada Pinkett Smith) e precisa de um tempo para si mesmo e o passará ao lado de Charlie. O amigo de Alan, por sua vez, perdeu a esposa e as três filhas nos atentados terroristas de 11 de Setembro e, desde então, vive como se nada tivesse acontecido. Charlie está anestesiado e Alan toma como missão fazer com que o amigo supere o trauma e reencontre a vontade de viver.

Em “Reine Sobre Mim”, Mike Binder retoma um caminho que ele iniciou com “Um Cara Quase Perfeito”. Ou seja, ele deixa de lado todo o exagero, sarcasmo e ironia vistos em “A Outra Face da Raiva” e se propõe a fazer um drama intimista, voltado para os conflitos vividos pelos seus dois personagens principais. Se comparado ao seu último filme, “Reine Sobre Mim” é um bom avanço. O roteiro de Binder é comovente e engraçado quando tem que ser. O principal aqui é que ele deixa o seu elenco completamente livre – especialmente a dupla Adam Sandler e Don Cheadle. Os dois estão ótimos, nos fazem acreditar na amizade que une seus personagens e na vontade de mudar, de querer enxergar algo que está além daquilo que podemos ver.

Cotação: 6,7

Reine Sobre Mim (Reign Over Me, EUA, 2007)
Diretor(es): Mike Binder
Roteirista(s): Mike Binder
Elenco: Adam Sandler, Don Cheadle, Jada Pinkett Smith, Liv Tyler, Saffron Burrows, Cicely Tyson, Robert Klein, Melinda Dillon, Camille LaChe Smith, Mike Binder, Ted Raimi, Imani Hakim, Paula Newsome, Rae Allen, Paul Butler

15 comments:

Museu do Cinema said...

Esse não me atraiu Kamila, até gostei dos filme s anteriores do Binder, mas esse ai ainda não me despertou interesse!

Luciano said...

Kamila. Tenho pra mim que o Sandle deveria fazer somente drama. Ele é outro fazendo papéis de personagens mais introspectivos, provavelmente por não se achar bom nisso ele é realmente bom, porque de comédia eu honestamente não aguento mais.

Romeika said...

Parece um papel bem diferente na carreira do Adam Sandler, hein, Kamila? Ah, eu gostei muito de "A Outra Face da Raiva".

Wally - Cine Vita said...

Adorei A Outra Face da Raiva, achei excelente, e esse Reine Sobre Mim caiu um pouco na qualidade, mas ainda assim gostei. Achei que manipulou um pouco, mas é inspirado e possui personagens interessantes. Don Cheadle é o melhor do elenco, mas Sandler está bem. Não sou fã dele, mas está bem. Adorei a trilha sonora.

Nota 7,5

Ciao!

Vinícius P. said...

Queria muito ver esse filme, mas ainda não encontrei em DVD por aqui. Meu interesse está relacionado à direção do Mike Binder (adorei "A Outra Face da Raiva", mas ainda não vi "Um Cara Quase Perfeito") e à atuação do Adam Sandler, que como você confirmou, parece ser uma das melhores de sua carreira.

Abraço!

Ramon Scheidemantel said...

Kamila, acho que sua nota até está justa (Eu diminuiria esses 7 décimos, deixando com 6.0. hehehe!).
Achei que o filme está bastante real, sem apelação para clichês. Algo que por incrível que pareça acabou fazendo falta na obra.
Belo post!

Kamila said...

Cassiano, eu só aluguei o filme porque gosto do trabalho do Mike Binder. E, como falo na crítica, o filme acaba sendo uma agradável surpresa.

Luciano, acho que os comediantes como um todo (é só pegar o caso do Jim Carrey) se dão bem nesse tipo de papel mais intimista. E o Sandler alcança nesse filme um resultado bem melhor do que o visto em "Click". Ele está ótimo, nada histriônico, super contido.

Romeika, eu também adoro "A Outra Face da Raiva" e, em "Reine Sobre Mim", acho que o Sandler tem o melhor papel e a melhor atuação de sua carreira.

Wally, também adorei a trilha sonora do filme. Não achei "Reine Sobre Mim" manipulador. Acho que o Binder foi engraçado e comovente nos pontos certos. O Don Cheadle é maravilhoso.

Vinícius, como disse para a Romeika, acho que, neste filme, o Sandler encontra o melhor papel e dá a melhor atuação de sua carreira.

Ramon, concordo plenamente com seu comentário e obrigada!

Matheus Pannebecker said...

Kamila, não me interessei por esse filme, apesar de eu gostar do Mike Binder. Acho que ele é um ótimo diretor de atores. Até hoje acho injusto a Joan Allen não ter sido indicada ao Oscar por "A Outra Face da Raiva".

Vulgo Dudu said...

Esse título é muito estranho, e dessa vez foi traduzido ao pé da letra. Estranho... Não conheço nada desse Mike Binder.

Bjs.

Arthur said...

Gostei muito de "A Outra Face da Raiva", qto a este realmente parece ser emocionante e engraçado (algo difícil de vermos com sucesso nos fimes hj em dia).

E pelo jeito o público não dá uma chance para Adam Sandler se ele não estiver em uma comédia.

Abraços.

Kamila said...

Matheus, concordo com sua afirmação. O Mike Binder é um ótimo diretor de atores e foi uma injusiça muito grande a Joan Allen não ter sido indicada ao Oscar por "A Outra Face da Raiva", mas ela foi somente mais uma vítima do sistema de votação do Oscar, que privilegia os filmes lançados no final do ano.

Dudu, o título do filme é baseado na música "Love Reign Over Me", do The Who, que é meio que o tema do personagem de Adam Sandler. Te sugeriria começar com "A Outra Face da Raiva", que considero ser o melhor filme que o Binder fez.

Arthur, é verdade. O Adam Sandler só consegue o sucesso com as comédias. Mas, aqui foi a vez que ele mais acertou.

Mari said...

Lastimável

Mike Binder após o maravilhoso "A Outra Face da Raiva" entrou em decadência, coitado.
"Um Cara Quase Perfeito" já começou mal no quesito elenco:Ben Affleck (arg).O resto foi uma comédia dramática entediante e previsível.
"Reine Sobre Mim" apesar da brilhante atuação de Adam Sandler, me deixou uma sensação de que perdi 100 minutos de minha vida.
O momento mais esperado do filme em que eu pensei enquanto bocejava "ok, acho que pelo menos agora o filme terá seu ponto alto e eu poderei lhe dar uns 5" foi decepcionante e não me emocionou nem um pouquinho (e olha que sou extremamente sensível)
Esperava muito mais.
Nota 3 pela atuação do Adam.

Kamila said...

Mari, concordo que o melhor filme do Mike Binder é mesmo "O Outro Lado da Raiva". "Reine Sobre Mim" vale pela performance de Adam Sandler.

Pedro Henrique said...

Como conheci o filme aqui, não podia deixar de comentar.

Esse é o primeiro filme que vejo Adam Sandler se portar como ator. Não sei, ele é mais um queridinho da américa, do que um grande ator. Em Reine Sobre Mim, ele está muito bem. Sempre gostei de Cheadle e aqui ele também representa muito bem.

7.0

Abraço!!!

Kamila said...

Pedro, faço suas as minhas palavras. Foi nesse filme que, pela primeira vez, vi Adam Sandler como um ator. Vi-o como aquele personagem e me esqueci completamente da figura dele longe das telas.