Wednesday, April 23, 2008

Valente (The Brave One, 2007)

Bem no início de “Valente”, do diretor Neil Jordan, Erica Bain (Jodie Foster, numa performance que lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro 2008 de Melhor Atriz em Filmes Dramáticos), que apresenta um programa cujo assunto principal são as caminhadas que ela faz pelas ruas de Nova York, fala a respeito de sua falta de costume com aquele mundo caótico. Ela sente falta de um tempo que já acabou. No entanto, pouco tempo depois disso, Erica é uma nova mulher, alguém que consegue ficar alheio a – quase – todos os sons advindos dos becos da cidade aonde mora.

A mudança em Erica se dá em decorrência de um ato de violência. Ela e o noivo David Kirmani (Naveen Andrews, do seriado “Lost”) são espancados até perderem a consciência. Ele acaba falecendo, enquanto ela fica em coma por três semanas. Ao acordar, Erica tenta se acostumar novamente ao mundo a seu redor, mas ao mesmo tempo sente uma vontade enorme de preencher o vazio que ficou em sua vida após a morte de David.

Existem diversas maneiras para continuar a vida após algo como o que Erica passou. Não é que ela passa a ser alguém intolerante. Na realidade, Erica está disposta a não passar mais nunca por este tipo de sofrimento. É por esta razão que, ao se deparar novamente com outros atos de violência, ela reaja – não com o objetivo de fazer justiça com as próprias mãos, mas sim para encontrar um novo significado para a sua existência, já que Erica acredita que não poderá nunca mais voltar a ser a mesma pessoa que foi antes da morte de David.

O roteiro de Roderick Taylor, Bruce A. Taylor e Cynthia Mort nos dá elementos importantes para compreender a nova fase de Erica. É fundamental aqui a maneira como os três roteiristas desenvolvem o relacionamento que se estabelece entre ela e o detetive Mercer (Terrence Howard, numa ótima atuação). O contraste entre o que é considerado correto e o que é visto como errado no conceito do que é legal e do que é justo é um dos pontos mais altos – e de reflexão – de “Valente”.

Se fosse um filme brasileiro, “Valente” seria uma obra considerada fascista e Erica Bain viraria uma heroína a la Capitão Nascimento. Como é um longa norte-americano, deve ser interpretado sob o ponto de vista daquele país. Personagens como Erica Bain teriam feito sucesso nos anos 70, ao lado de tipos como Dirty Harry e Paul Kersey. No entanto, nos dias atuais, uma história como a retratada pelo filme de Neil Jordan é quase que uma afronta. Os norte-americanos acreditam piamente na lei e na justiça. Talvez, por isso, “Valente” tenha sido solenemente ignorado no país.

Cotação: 8,2

Valente (The Brave One, EUA, Austrália, 2007)
Diretor(es): Neil Jordan
Roteirista(s): Roderick Taylor, Bruce A. Taylor, Cynthia Mort
Elenco: Jodie Foster, Terrence Howard, Nicky Katt, Naveen Andrews, Mary Steenburgen, Ene Oloja, Luis Da Silva Jr., Blaze Foster, Rafael Sardina, Jane Adams, Gordon MacDonald, Zoe Kravitz, John Magaro, Victor Colicchio, Jermel Howard

31 comments:

ღ mey ♥¨`*•.¸¸.•*´¨♥ღ said...

kamila, adoro eu blog e ler sobre ciema... mt bo!!

bjinhos =** te espero ;)

joshua said...

This is one of the very best cinema or movie blogs I've ever visited yet.

Congrats! Take these words like a blossom blessing as I'm bloging around.

PALAVROSSAVRVS REX

renatin' bones said...

ótimo Blog...
Adoruh Cinema..

Kero fazer cinema..entaum é sempre bom...ler sobre algo assim...

Matheus Pannebecker said...

Gosto mais ou menos desse filme. Acho o final bem questionável e a qualidade da produção cai depois da metade. Mas é a interpretação de Jodie Foster que segura as rédeas do filme. Ela está ótima e mereceu sim a indicação ao Globo de Ouro.
Nota: 6.0

Kamila said...

Mey, obrigada pela visita e pelo comentário. Irei passar pelo seu blog em breve!

Joshua, thank you for your nice comment. I hope to see you here more often.

Renatin', obrigada pela visita e pelo comentário. Boa sorte!

Matheus, a Jodie segura mesmo o filme. Eu achei o filme maravilhoso, mas odiei o final. E acho que, por isso, o filme foi o fracasso que foi, nos EUA.

Gustavo said...

Não me entusiasmei muito com o filme viu kamila.

o que me chamou a atenção mesmo foi o terrence howard, numa atuação contida porém muito boa. jodie foster também estava bem, mas longe do nível que apresentou em ''acusados'' ou ''o silencio dos inocentes''.

daria um 5.

Kamila said...

Gustavo, eu gostei muito da dupla Terrence Howard e Jodie Foster.

Wally said...

Ótimo texto, concordamos em muita coisa. Eu não gostei tanto quanto você, mas é um filme que provoca sim reflexões e é bem denso. Nós concordamos quanto ao fato de que Erica não busca exatamente vingança e não quer justiça, mas ela mata para se sentir menos vulnerável, menos ferida e claro, encontrar a sí mesmo dentre suas próprias caóticas emoções, já que nem ela mesmo consegue as interpretar.

Nota 7,5

Ciao!

Felipe "Peixe" Gurgel said...

Ow Kamila... Tantos filmes bons com boas cotações suas e eu sem tempo pra ver. Acho q vou deixar pra ver a maioria nas férias. Hehehhee.. Bjs!

Pedro Henrique said...

Vi ontem...
Achei legal e passei a gostar mais ainda do Terrence Howard.

Abraço, Kamila!

Vinícius P. said...

Incrível como o Neil Jordan começa o filme de forma brilhante e acaba se perdendo na parte final. Não sei se minha visão está equivocada, mas o desfecho foi um dos piores dos últimos anos na minha opinião. Não que a atitude em si de Erica me incomode tanto, mas simplesmente não acrescenta nada à personagem e muito menos à história. Lamentável...

Abraço!

Jacques said...

Neil Jordan não é mais o mesmo. Nem Jodie Foster....

Rodrigo Fernandes said...

pretendo ve=lo essa semana e esotu numa expectativa boa, já que só ouço falar bem dele...
gosto de personagem bem trabalhados que vão evoluindo com o desenrolar da trama ou se descontruindo, enfim... aparenta ser uma ótima perfomance da Jodie Foster...
e olha que abcan, não tinah visto que o Saiyd estava no elenco, ehhehe..
beijos

Ramon Scheidemantel said...

Boa nota! Acho que concordo com ela.
Hahaha... gostei da comparação com o Dirty Harry, e da analogia ao Capitão Nascimento. Embora ela seja bem mais razoável que eles.
Lembras do Nicolas Marshall? Aquele juiz que fazia justiça com as próprias mãos, perambulando na cidade com sua Harley Davidson?

Weiner said...

Outro acontecimento engraçado. Fico falando para todos que quero ver "Valente" e nunca enfrento alugá-lo. Particularmente eu gosto de tudo o que a Jodie Foster faz, vide "Acusados", "Silêncio dos Inocentes", "Quarto do Pânico", "Nell" e "Plano de Vôo". E O Neil Jordan é um excelente diretor, desde que ele fez "Entrevista com Vampiro" passei a curtir seu trabalho.
Vou dar um jeito de ver este filme, e dpressa. Embora ele divida muitas opiniões - mais negativas que positivas, é bem verdade.
Abraço!

Johnny Strangelove said...

mais uma vez posso lhe afirmar ...
dependendo do pais ... é "lindo" ver o povo cansado da manobras lentas da justica e ver alguem tentando achar o que é certo ... o que você disse no ultimo paragrafo é a mais solene verdade ...

como estudo direito, acho que estou pegando abuso sobre esses filmes de justiceiros já que sei que a justica lá funciona e aqui não ...
estranho ...

beijos

Robson Saldanha said...

Comentei certo dia sobre Judie Foster, gosto muito do trabalho dela, ela consegue me agrdar com seus filmes. Espero que com esse não seja diferente! Tá na lista!

Abraço!

renatin' bones said...

Mto obrigado..

bom é mto legal ver ki alguém curte cinema..

eu sou apaixonaaaaaaaaaado por cinema..

naum vejo a hora de chegar lá..rsrsrs

Bjozzzzzzz

Otavio Almeida said...

Caramba! É bom assim? Vou pra locadora! E gostei do cabelo da Jodie Foster. Parece uma assassina de histórias em quadrinhos!

Bjs!

Romeika said...

Um filme produzido numa epoca errada entao? Incrivel como os nossos valores sempre influenciam a maneira que interpretamos uma obra.

Eu tive vontade de ver esse filme pela Jodie Foster, nao a vejo desde aquele filme do Spike Lee, que foi otimo.

Kamila said...

Wally, exatamente! Concordo com tudo o que você escreveu!

Felipe, realmente, são muitos filmes bons. Mas, espero que anote as dicas, confira as obras e, principalmente, comente!!

Pedro, eu já gostava muito do Terrence Howard. Ele é um bom ator e está muito bem nesse "Valente".

Vinícius, concordo que o final de "Valente" é horroroso!

Jacques, não culpo os dois pelo fracasso de "Valente".

Rodrigo, o Naveen Andrews faz uma pequena participação no filme, mas importante para desencadear a mudança pela qual passa a personagem da Jodie Foster.

Ramon, não me lembro do Nicholas Marshall! De que filme ele é?

Weiner, eu acho que "Valente" tem ótimas qualidades, mas concordo com todos que disseram que o final do filme é ruim.

João, exatamente. Os norte-americanos acreditam piamente na justiça. Filmes como esse são mesmo uma afronta.

Robson, também gosto muito da Jodie Foster.

Renatin', então, estamos na torcida para que você chegue lá.

Otavio, "Valente" é um bom filme, mas te advirto para o final que é meio ruim.

Kamila said...

Romeika, qual filme do Spike Lee?? A última vez que eu vi a Jodie no cinema foi em "Plano de Vôo".

E "Valente" é uma boa obra, mas com um final ruim.

Romeika said...

Aquele com Denzel Washington, Kamila, acho que o titulo eh "O Plano Perfeito".

Ramon Scheidemantel said...

Na verdade é uma série, que passava no início dos anos 90, se não me engano.

Kamila said...

Sim. Me lembrei. Tinha me esquecido desse filme.

Ramon, se era uma série, estou me lembrando. O Marshall não era até um juiz ou advogado????

Red Dust said...

Jodie Foster tem um belo desempenho, neste seu papel de mulher fria e vingativa. Depois há o seguir do seu medo ao também enfrentar a noite e toda aquela visão do que parecia afinal não é.

Terrence Howard tem um papel mais discreto, mas eu gosto imenso da sua presença, tal como aconteceu, por exemplo, em 'Colisão'.

O final é que realmente não me agradou. A solução encontrada pareceu algo forçada. É o ponto menos do filme.

A minha classificação: 8/10.

Kamila said...

Red dust, concordo totalmente com seu comentário.

MuDoo said...

Ka, você é simplesmente a melhor!!! Amo tudo que você escreve! Obrigada pelo privilégio de ser sua amiga, de ler seu Blog e eu verei o seu sucesso!!!
Amo você! Mu ♥

Kamila said...

Mu, obrigada pelo comentário!! O privilégio é meu de ter uma amizade como a sua!!! :-)

Beijos!!!!!

Anonymous said...

Single Schweiz - Bei Time4Love finden Sie nette Singles, auch aus Ihrem Kanton!

[url=http://www.time4love.ch] [img]http://c1.ac-images.myspacecdn.com/images02/57/l_82c00371eb494acdb2e1cf51378a28ec.jpg[/img]

er sucht sie
single
er sucht sie
online dating

[/url]

Anonymous said...

hi every person,

I identified cinefilapornatureza.blogspot.com after previous months and I'm very excited much to commence participating. I are basically lurking for the last month but figured I would be joining and sign up.

I am from Spain so please forgave my speaking english...