Thursday, May 08, 2008

De Olho no Primetime Emmy Awards 2008 - "Damages"

Damages (Primeira Temporada - 2007/2008)
Criada por:
Todd A. Kessler, Glenn Kessler, Daniel Zelman
Elenco: Glenn Close, Rose Byrne, Zeljko Ivanek, Noah Bean, Tate Donovan, Ted Danson
Atores Convidados: Philip Bosco, Peter Riegert, Anastasia Griffith, Peter Facinelli, dentre outros.

Em um dos episódios da primeira temporada de “Damages”, seriado que vai ao ar pelo canal AXN, Patty Hewes (Glenn Close) olha para a sua protegida, Ellen Parsons (Rose Byrne, que foi revelada pelo filme “Tróia”), e diz: “nunca confie em ninguém”. Na realidade, este também é um aviso para nós, telespectadores, que aprenderemos que não existem mocinhos (as) e vilões neste seriado. Todos estão no mesmo barco. Todos terão que fazer um servicinho sujo ao longo dos episódios.

A trama da primeira temporada de “Damages” acompanha o que acontece na vida pessoal e profissional de Patty Hewes, cujo escritório está envolvido até o pescoço numa “class action” (ação movida por um grande número de pessoas) contra o empresário Arthur Frobisher (Ted Danson), que roubou as economias de vida de antigos colaboradores. Na busca por uma pista ou uma testemunha chaves, vale tudo e o que assistimos, tanto por parte da defesa quanto da acusação, é uma verdadeira briga pelo poder e, principalmente, pelos milhões envolvidos na causa.

No entanto, um dos elementos mais interessantes da primeira temporada de “Damages” é acompanhar o relacionamento que se estabelece entre Patty Hewes e Ellen Parsons. A primeira é uma advogada famosíssima, competente, admirada e temida; que está sempre à frente dos outros; e conhecida por consumir a vida daqueles que se colocam em seu caminho. Patty quer dedicação total e exclusiva. Já a segunda, está começando seu caminho no ramo do Direito. Consegue o emprego dos sonhos na firma de Patty e ganha a confiança da chefe. No entanto, Ellen vê sua vida pessoal se desmoronar, já que Patty espera dela um comprometimento exclusivo com a causa de Arthur Frobisher.

Como virou moda para os seriados terem um mistério encaixado dentro de sua trama central, “Damages” também tem o seu. E ele já é revelado logo no primeiro episódio da série. Ellen foi presa sob a acusação de ter assassinado o noivo David Connor (Noah Bean). É justamente este acontecimento que desencadeia toda a trama da primeira temporada de “Damages” e nos mostra que existe algo de podre no meio de todos esses personagens.

O importante, no final, é ficar atento à frase de Patty Hewes que citamos no início do texto. Ao assistir “Damages”, não confie em ninguém. Nada é aquilo que parece ser. Por esta razão, os pontos mais positivos dessa primeira temporada do seriado são o roteiro (em nenhum momento a série parece ser confusa, já que todas as peças se encaixam) e o elenco. Glenn Close arrasa num tipo de personagem que ela conhece muito bem (Patty Hewes vai entrar no rol das maiores bitches da televisão) – por ter vencido o Globo de Ouro 2008 de Melhor Atriz em Série Dramática, ela é a favorita para vencer o Emmy na mesma categoria. Rose Byrne surpreende com uma Ellen Parsons vulnerável, mas que, por trás da cara de anjinho, guarda uma mulher forte e decidida. Ted Danson tem um dos melhores papéis de sua carreira – e nunca esteve tão bem. Zeljko Ivanek (que interpreta Ray Fiske, o advogado de Arthur Frobisher) mantém um alto nível de atuação em todos os episódios. E os atores convidados ainda acrescentam muito à “Damages”, especialmente Anastasia Griffith (na pele de Katie Connor, a cunhada de Ellen Parsons), Peter Facinelli (que faz Gregory Malina, uma testemunha-chave do caso Frobisher) e Peter Riegert (que interpreta George Moore, um investigador da Comissão de Valores Mobiliários que guarda os seus próprios segredos).

Previsões de indicações para o Primetime Emmy Awards 2008:
Best Drama Series
Best Actress in a Drama Series –
Glenn Close
Best Supporting Actor in a Drama Series – Ted Danson
Best Supporting Actress in a Drama Series – Rose Byrne
Guest Actress in a Drama Series – Anastasia Griffith
Best Writing in a Drama Series - Todd A. Kessler, Glenn Kessler e Daniel Zelman, “Pilot, A.K.A. Get Me A Lawyer”

18 comments:

Louis Vidovix said...

Ka, Damages fez uma temporada EXCEPCIONAL!
Estava pensando nisso hj, já que finalmente foi encerrada no FX do Brasil. Já tinha visto os episódios antes e só melhoraram a cada revisada!
Uma série impecável, muito inteligente e com uma trama bem amarrada, complexa e empolgante. Glenn Close deu show!!
Rose Byrne tb me surpreendeu bastante e foi interessante ver como a Ellen teve a sua personalidade moldada ao longo da temporada.
Mal posso esperar pelo que está por vir no ano seguinte... Os ganchos deixados no finale dão até frio na barriga! :)

E espero que seja bastante reconhecida pelo Emmy. E que os roteiristas em particular sejam lembrados em peso. São brilhantes!

Kamila said...

Louis, eu não tinha muitas expectativas em relação a este seriado, mas "Damages" me surpreendeu demais. Achei os dois últimos episódios desta temporada simplesmente brilhantes. Acredito que Glenn Close e Rose Byrne sejam as favoritas para vencerem o Emmy de suas respectivas categorias e espero mesmo que os roteiros da série sejam reconhecidos.

Os ganchos do season-finale também me deixaram super ansiosa para a próxima temporada. Eu estava preocupada em como eles iriam continuar essa história, mas acho que a solução que eles encontraram tem tudo para dar certo.

Vulgo Dudu said...

Aí eu bóio... rs...

Bjs!

Kamila said...

Dudu, sei que você não acompanha muito as séries de TV, mas é sempre um prazer receber suas visitas. :-)

Beijos!

Kau Oliveira said...

Damages é a melhor série do estilo. Os diálogos são impecáveis e a dupla Rose/Glenn é impressionante.
Rose, ao meu ver, já é até front-runner no Emmy.

Hugo said...

Assisti toda a temporada e inclusive escrevi sobre ela no meu blog logo após os primeiros episódios e a expectativa criada no início se confirmou.
É uma série com um ótimo roteiro, por sinal eu tb queria saber como eles poderiam engrenar um segunda temporada com uma história que fizesse sentido e pelo jeito conseguiram. Além do ótimo elenco como vc já citou, destacando como surpresa Ted Danson, especialista em comédias ele acertou em cheio no papel do dissimulado e desonesto Artur Frobisher.
Sem dúvida foi uma visão diferente nos seriados sobre justiça, ou melhor, sobre advogados.

Até mais.

Matheus Pannebecker said...

Kamila, assim que eu acabar a terceira temporada de "Desperate Housewives" (acho um desperdício de tempo da minha parte assisti-la, enquanto tem tantas outras séries melhores e com propostas mais interessantes), vou começar a assistir "Damages". Acho Glenn Close uma atriz excepcional e com certeza vou adorá-la!

Kamila said...

Kau, também acho que Rose Byrne é favorita ao Emmy de Supporting Actress in a Drama Series. Só acredito que a gente também deve ficar de olho nas meninas de "Grey's Anatomy" e em January Jones, de "Mad Men".

Hugo, com certeza. Assitindo a primeira temporada, eu fiquei doida querendo saber como eles poderiam continuar essa história, mas a solução que eles tomaram foi inteligente demais!!! O Ted Danson foi uma das maiores surpresas da série.

Matheus, "Damages" é uma baita série. Recomendo!!

Pedro Henrique said...

Pouco sei sobre séries, mas pelo que tenho lido, "Damages" é uma das boas e Glenn Close deve vencer, como você bem aposta.

Abraço, Kamila!!

Museu do Cinema said...

Não conheço essa série Kamila, mas a Glenn Close sempre arrasa!

Otavio Almeida said...

Confesso que eu não conhecia a série, Kamila! Valeu pela dica. Se tem a Glenn Close, vale mesmo uma olhada.

Bjs!

Marcel Gois said...

ADORO Damages. A série é maravilhosa realmente e eu ainda me interesso um pouco mais por ser a minha área. A Patty Heews é simplesmente foda, acho q d longe umas das melhores personagens já criadas na TV!

E vi q vc citou aí nos comentarios a January Jones, estou assistido Madmen agora, ainda tenho mais alguns episodios ateh o final, mas pelo q eu ja vi a Jones está realmente ótima, adoraria vê-la nessa competiçao =D

Robson Saldanha said...

Kamila. Comentei em Iro Man. Dá uma olhada!

Kau Oliveira said...

Nâo sei Kamila. Apesar de Grey's Anatomy ser a queridinha do momento, não sei se as meninas terão tanta força assim.
Além disso, Rose tem sido extremamente elogiada por causa de Damages.

Kamila said...

Pedro, apesar de torcer pela Kyra Sedgwick, acho que a Glenn leva o Emmy de Melhor Atriz em Séries de Drama.

Cassiano, você que gosta de um bom seriado, deveria assistir "Damages".

Otavio, pode dar uma conferida em "Damages" sem medo.

Marcel, também estou acompanhando "Mad Men" e, apesar da January Jones ainda não ter feito muita coisa, ela sempre esteve bem nas cenas em que apareceu. Acho que ela pode surpreender no Emmy.

Robson, pode deixar.

Kau, isso é verdade. Mas, as meninas de "Grey's" sempre aparecem muito forte nessas premiações. É só lembrar da vitória da Katherine Heigl, no ano passado, que foi totalmente inesperada.

Vinícius P. said...

Ainda não vi nenhum episódio de "Damages" mesmo com tantos elogios. Como estou sem tempo, irei terminar todas as temporadas que estou acompanhando e verei tudo da série antes do Emmy. É bem possível que conquiste essas indicações mesmo, até porque nesse ano não temos "The Sopranos" e uma nova série pode ocupar seu lugar.

Anonymous said...

a atriz que faz a ellen de Damages, é muito boa tb, é rose byrne, adoro a ellen, e de bobinha, so tem como ela ama o noivo, mas vai ficando forte, mas dá pena que o noivo morreu...acho bacana qdo um personagem cresce assim e a atriz tem que ser boa pra saber dar dosagem a pensonagem, pq a patty já é totalmente traçada, e ellen vai crescendo e mudando, excelente trab de rose byrne, quem diria que a menina do filme tróia com brad pitt seria tão boa...adoro a serie

Anonymous said...

Damages é excelente, a melhor série dos canais a cabo tanto aqui como nos EUA
Acho que a Rose Byrne que faz ellen excelente atriz e bonita e ainda tem muito futuro no cinema e tv, e o que dizer da veterana Glenn close ela está impecável e ganhou o Emmy desde ano merecidamente. E pelo menos Rose Byrne foi indicada ao globo de ouro, mas ganhou um prêmio da AFI australiana, alias a atriz é australiana, apesar de nao ter nenhum sotaque
Adoro damages e terá mais duas temporadas
Sucesso ao Fx e a Damages e Rose Byrne e Glenn Close