Friday, May 23, 2008

Rambo 4 (John Rambo, 2008)

Nos últimos anos, movido muito mais pela falta de oportunidade de trabalho do que por um sentimento de nostalgia, o ator Sylvester Stallone decidiu voltar à pele de seus dois personagens mais famosos: Rocky Balboa e John Rambo. Em comum entre os dois projetos, além do fato do controle criativo estar totalmente nas mãos de Stallone, o fato de que o ator retoma as características que fizeram de Rocky e Rambo os ícones que eles são, mas não sem esquecer que o mundo ao redor deles mudou e eles precisam se adaptar a isso.

Em “Rambo 4”, que tem a direção de Sylvester Stallone (que também foi o co-autor do roteiro ao lado de Art Monterastelli), encontramos John Rambo isolado em uma localidade que fica no norte da Tailândia. Seu sossego é ameaçado quando um grupo de missionários o contrata para transportá-los pelo rio de forma que eles cheguem à tribo Karene. Quando o grupo é seqüestrado pelo exército birmanês, Rambo volta àquilo que sabe fazer melhor e parte para o resgate dos missionários.

No final dos anos 80 até a metade dos anos 90, quando eu era ainda uma criança, todos os domingos, meu pai me deixava dormir um pouco mais tarde. Acontece que nós tínhamos uma pequena tradição familiar e assistíamos juntos aos filmes que passavam no Domingo Maior, programa que vai ao ar até hoje, na Rede Globo. Foi assim que fui apresentada a vários “clássicos” protagonizados pelo meu herói de infância Charles Bronson; bem como aos estrelados por outros heróis contemporâneos como Sylvester Stallone, Lorenzo Lamas, Arnold Schwarzenegger, Dolph Lundgren, Steven Seagal, Chuck Norris, Jean Claude Van Damme, dentre outros.

Nós dois assistimos juntos a este “Rambo 4” e chegamos a uma conclusão: o destino da obra é se tornar um daqueles filmes que serão reprisados à exaustão no Domingo Maior. E o longa tem tudo para agradar em cheio aos fãs do programa, já que tem efeitos bisonhos, um herói brucutu (e que adora fazer uma cara de mau), uma mocinha em perigo (a atriz Julie Benz, do seriado “Dexter”) e inúmeras cenas de ação bem loucas, cheias de sangue, em que órgãos voam e membros são decapitados. Tudo isso sem o mínimo de aprofundamento de roteiro – e, honestamente, este é o detalhe que menos importa em um filme como esse.

Cotação: 4,5

Rambo 4 (Rambo, EUA, Alemanha, 2008)
Diretor(es): Sylvester Stallone
Roteirista(s): Art Monterastelli, Sylvester Stallone (com base no personagem criado por David Morrell)
Elenco: Sylvester Stallone, Julie Benz, Matthew Marsden, Graham McTavish, Rey Gallegos, Jake La Botz, Tim Kang, Maung Maung Khim, Paul Schulze, Cameron Pearson, Thomas Peterson, Tony Skarberg, James Wearing Smith, Kasikorn Niyompattana, Shaliew Manrungbun

26 comments:

Romeika said...

Kamila, nunca gostei de Rambo, nem da maioria desses "herois de acao" citados no texto, ainda que tenha visto mais de uma vez nas sessoes televisivas filmes do genero estrelados por Schwarzenegger, Chuck Norris e Van Damme, e ate do Charles Bronson hehehe

Lembro de vc ter contado essas historias dos filmes de domingo com o seu pai, principalmente vendo filmes de Charles Bronson haha:-) Bom fds!

Kira Fashion said...

Tem toda razão sobre o filme, esperava mais :)

vamos trocar links?
espero que sim,

beijos,
Kira

Isabela said...

Estou criando coragem para assistir, sendo bem sincera. Apesar de muitas criticas a favor, o proprio trailer me inibiu a achar algo que possa realmente me interessar. Adoro Rocky, mas rambo para um sessentão já é um pouco demais!

o cara da locadora said...

Esperava absurdamente mais, com a maturidade esperava que Stallone mostraria um Rambo traumatizado pela guerra do Vietnã, mas de uma forma muito mais dramática... Ou pelo menos com cenas de ação mais prolongadas ou divertidas, muito monótono... Ainda bem que era pequenininho, depois dá uma olhada no que tá no meu blog sobre ele... Rambo IV

Kamila said...

Romeika, eu gosto muito de filmes de ação e esse "Rambo 4" não me decepcionou nesse sentido.

Obrigada pela visita e pelo comentário, Kira. Vamos trocar links, sim.

Isabela, isso é verdade. Mas, o Stallone até que está com uma boa forma.

O cara da locadora, acho que a trama enxuta é o ponto mais forte desse "Rambo 4". Vou conferir seu texto!

Bom final de semana!

Romeika said...

Kamila, entao a nota nao deveria ter sido um pouquinho maior? Pq como vc mesmo sugere no texto, nao tem como esperarmos algo mais alem de um heroi brucutu com cara de mau e acao do inicio ao fim:)

Vinícius P. said...

Acho que para quem é fã da série, esse "Rambo 4" não decepcionou. Contudo, para quem nunca se interessou pelo personagem, deve ser quase uma tortura. Como nunca vi nada dos anteriores, não irei conferir esse nem no DVD. Abraço!

Kamila said...

Romeika, o problema é que "Rambo 4" poderia ser um filme melhor. Por isso a nota um pouco baixa.

Vinícius, exatamente!!!

Bom final de semana!

Louis Vidovix said...

Ka, como te disse uma vez, nunca vi nenhum filme da série Rambo. Um pecado cinematográfico meu rs

Otavio Almeida said...

RAMBO IV só presta pra quem gosta de RAMBO. É zero de roteiro e ação com tiros, facadas, etc. Com corpos aos pedaços... essas coisas de Domingo Maior.

Bjs! Bom final de semana!

Pedro Henrique said...

Ele mata muita gente nesse, mas pelo menos não faz isso sozinho, o que seria ridículo se fizesse.

Nota 4.5, Kamila.

Bom fim de semana!

Museu do Cinema said...

Kamila, essa bomba nem vou ver, nem de graça na net!

Sérgio Déda said...

Sinceramente num sinto nenhuma vontade de ver este filme..

Depois do infantil Rocky Balboa.. num quero ver Rambo 4 tão cedoo

vlwss

Hugo said...

Ainda não assisti este, mas considero o primeiro Rambo como um filmaço de ação, com um bom roteiro e atores tb (Brian Dennehy, Richard Crenna, David Caruso), já os outros dois e deve ser o caso deste aqui tb, apenas um bom Domingo Maior como vc escreveu e nada mais que isso.

Bjos

Wally said...

Medo desse filme. Rocky é um filme de sentimento que me conquistou, mais por causa dos dois primeiros. Por isso, Rocky Balboa foi aceitável e até bom. Agora, Rambo não tenho interesse em ver, e verei apenas porque todos falam sempre nele. Não vi nenhum deles até hoje. E depois de seus comentários, fiquei mais desanimado ainda.

Ciao!

Rodrigo Fernandes said...

Kamila.. finalmente vi por aqui entre os blogueiros, uma nota merecida para o filme...
só não saí dos cinemas pedindo o meu dinehiro de volta, pois primeiro que -no minimo- apesar da tolice que o filme é, ele diverte em alguns pontos e segundo, pq nunca consegui ter meu dinheiro de volta qdo não gosto de um filme, hehehe.. poderia ser assim...rs
O que masi me desanimou é que o filme poderia ter pegado um gancho fantastico para criticar a situaçãod e Mianamar que passa por uma ditadura feroz e exatamente cruel como é mostrada no filme.. mas isso não ocorre e o que vemos é uma sucessão imbecil e desnecessária de caras e bocas do velhão Satallone junto de membros voando a todo momento e criancinhas jogadas ao fogo... baboseira ao extremo...
beijos

Johnny Strangelove said...

Rambo SUCKS ... prefiro Marion Cobrett eheheheh

Sei lá ... muitas vezes violencia demasiada não presta ... se tivesse fundamento masssssssss ....

Marfil said...

Não vi nenhum RAMBO... Incluindo o quarto...

Vulgo Dudu said...

Já haviam comentado que este Rambo é uma carnificina pura. Sinais do novo tipo de violência hiperrealista que anda assolando o cinema. Sinceramente, eu acho que Sly perdeu a graça...


Bjs!

Robson Saldanha said...

Camila, se eu te disser que nunca tive vontade de ver filmes como Rocky e Rambo? Não gosto muito do Stallone. Acho que ele força muito a barra, isso não me agrada nem um pouco. Apesar dos pesares, irei ver pelos menos os mais antigos, pra dizer que, um dia, eu vi! hehe

Kamila said...

Louis, os filmes do Rambo são divertidos! Recomendo!

Otavio, é isso aí!

Pedro, ele não mata sozinho porque as coisas mudaram...

Cassiano, mas não é tão bomba assim...

Sergio, eu até gostei de "Rocky Balboa". Ache um filme legal.

Hugo, exatamente!

Wally, se for assistir a algum filme do "Rambo", faça uma maratona com todas as obras, assim você irá entender o personagem e o tipo de filme.

Rodrigo, mas um filme como esses não tem que ter roteiro detalhado. Os fãs querem ver justamente aquilo que está na tela.

João, concordo com você.

Marfil, falo para você o mesmo que disse ao Wally.

Dudu, eu também!

Robson, eu cresci com os filmes do Stallone, por isso tenho simpatia por ele.

Marcio said...

Eu vi no cinema e curti bastante. Eu era um grande fã do personagem. Hj em dia, eu achava q naum ia funcionar, mas eu curti. Nos anos 80 eles enrolavam demais nesses filmes q nem história tinham, e hj eles foram sensatos de fazer um filme mais direto e dinâmico,"realista" e bem brutal e violento, como é toda guerra. Gostei pacas do filme, mas é do tipo q não terei paciência de rever.

Kamila said...

Marcio, concordo plenamente com seu comentário!

Viu o trailer de "Hulk" antes da sessão de "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal"???

Ramon said...

Uau! Rambo no Domingo Maior! Que programão! hehe!
Kamila, eu vou conferir o filme assim que chegar às locadoras. Fui um grande fã da série, mas não quis conferi-lo no cinema.
O trailer já me mostrou que a série virou um carnificina pura.

Marcio said...

Kamila , eu não fui ver Indiana Jones ainda, o dinheiro ta curto esse mês, rsss, legal ter passado o Trailer de Hulk.Mas sobre Hulk, já ta rolando na net até a luta dele contra o Abominável em três fabulosos clipes.Não sei se tu já viu mas ta aki: http://www.marvel616.com/2008/05/hulk-comerciais-de-tv-e-cenas-inditas.html

Espero ir ver Indiana, pq é um herói clássico q ta devolta e aguardo tua avaliação do filme ^^.

Kamila said...

Ramon, a série virou carnificina total! Mas as cenas são até legais. Se não me engano, "Rambo 4" será lançado em DVD em Junho.

Marcio, eu vi a luta contra o Abominável e gostei bastante! Já estão rolando até outras cenas de "Incrível Hulk". Tem o link lá no site do filme no IMDB!