Wednesday, September 05, 2007

Emmy 2007 - Supporting Actor in a Drama Series

Outstanding Supporting Actor In A Drama Series

Boston Legal • ABC • David E. Kelley Productions in association with Twentieth Century Fox Television
William Shatner as Denny Crane
Histórico no Emmy:
5 indicações e duas vitórias como Guest Actor in a Drama Series por “The Practice” (2004) e como Best Supporting Actor in a Drama Series por “Boston Legal” (2005)
Episódio: “Son of the Defender”
Denny Crane, definitivamente, é um personagem amado pela Academia de Artes e Ciências Televisivas. Em três oportunidades anteriores em que William Shatner foi indicado por este papel, ele saiu vencedor em duas. E “Son of the Defender” é um episódio feito sob medida para o Emmy. Denny Crane recebe, no seu escritório a visita do seu primeiro cliente, que foi absolvido da acusação de ter matado a mãe de Aaron Sears (Stephen Lee). Revoltado até hoje com os desdobramentos que o resultado do julgamento teve na sua família, Aaron toma todos como reféns e recria o julgamento do primeiro cliente de Denny. Durante a experiência, o advogado não só lembra do caso em si, como também do seu relacionamento com o pai e as razões que o levaram a querer ser um advogado. Uma boa performance de Shatner, mas, aqui, quem rouba a cena é o ator Stephen Lee, simplesmente sensacional.

Grey’s Anatomy • ABC • ABC Studios
T.R. Knight as George
Histórico no Emmy:
Primeira indicação
Episódio: “Six Days (Parts 1 and 2)”
A indicação de T.R. Knight para o Emmy foi a maneira que a Academia teve para mostrar ao ator que está do seu lado em todo o imbróglio no qual ele foi envolvido neste ano. Em “Six Days”, George abandona um pouco a rotina de interno no Seattle Grace Hospital para cuidar do seu pai (George Dzundza, em uma participação especial) que passa por uma cirurgia delicada. Os acontecimentos que tomam lugar nas duas partes deste episódio vão marcar George e serão responsáveis diretas por decisões que ele irá tomar nos episódios seguintes da terceira temporada de “Grey’s Anatomy”. A performance de Knight é contida, como se ele estivesse o tempo todo escondendo seus verdadeiros sentimentos. De qualquer maneira, o melhor momento dele está na segunda parte do episódio, quando ele descobre o que aconteceu com seu pai na sala de cirurgia. Mesmo assim, acredito que Knight não é um dos favoritos para ganhar o Emmy de Supporting Actor in a Drama Series.

Heroes • NBC • Tailwind Productions in association with NBC Universal Television Studio
Masi Oka as Hiro Nakamura
Histórico no Emmy:
Primeira indicação
Episódio: “Five Years Gone”
Masi Oka é o único ator da badalada série “Heroes” a ser reconhecido pelas premiações. Além da indicação ao Emmy, ele foi lembrado pelo Globo de Ouro na categoria de Supporting Actor in a Drama Series. Ao assistir a um episódio do seriado, fica difícil entender o por quê de tanto reconhecimento. Masi Oka não é um bom ator. “Five Years Gone” (o episódio escolhido por ele), para aqueles que não são acostumados com a história de “Heroes”, chega a ser muito confuso – o que pode prejudicá-lo bastante. Nele, Hiro viaja com seu amigo Ando (James Kyson Lee) para uma Nova York que se encontra cinco anos após a sua destruição total. Na cidade, Hiro se deparará com questões e outros personagens que podem ajudá-lo a evitar que o pior aconteça – no passado. Dificilmente, Masi Oka ganha o Emmy pela sua performance neste episódio.

Lost • ABC • ABC Studios
Michael Emerson as Ben
Histórico no Emmy:
Duas indicações e uma vitória – na categoria de Guest Actor in a Drama Series por sua participação em “The Practice” (2001).
Episódio: “The Man Behind the Curtain”
Ao lado de Juliet Burke (Elizabeth Mitchell, a maior injustiçada pelo Primetime Emmy Awards 2007 – como a melhor atriz coadjuvante em séries de drama do ano fica fora da lista de indicação ainda é inexplicável para muita gente), Benjamin Linus é um dos personagens mais interessantes criados pelos roteiristas de “Lost” desde que o seriado estreou. A interpretação de Michael Emerson é tão boa como o líder dos Outros que, na sua primeira temporada no elenco regular da série, ele já consegue sua indicação. Em “The Man Behind the Curtain”, nós somos apresentados ao passado de Ben e saberemos que o menino Ben era uma criança insegura; completamente diferente do adulto Ben, que é extremamente manipulador. Ao mesmo tempo, veremos que Ben e Locke (Terry O’Quinn, que também está indicado nesta mesma categoria) têm mais coisas em comum do que aparentam – os dois passaram pelo mesmo ritual de passagem na Ilha, ao se livrarem de duas pessoas que marcaram seu passado de uma maneira negativa. A performance de Emerson neste episódio é boa, mas não chega aos pés dos melhores momentos dele na terceira temporada de “Lost”.

Lost • ABC • ABC Studios
Terry O’Quinn as John Locke
Histórico no Emmy:
Duas indicações e nenhuma vitória.
Episódio: “The Man From Tallahassee”
John Locke é um dos personagens mais misteriosos e amados do seriado “Lost”. Ao longo de três temporadas, os telespectadores aprenderam que um acontecimento acabou com a vida de Locke: o transplante de rim que ele fez para ajudar ao seu pai (Kevin Tighe). Em “The Man From Tallahassee”, os roteiristas de “Lost” nos apresentam – finalmente – a razão por trás da paralisia de Locke. Neste episódio – que é fortíssimo em termos de ação – Terry O’Quinn tem uma performance estupenda. Além disso, ele ainda ajuda seu colega de categoria (Michael Emerson) que, em “The Man From Tallahassee”, está dez mil vezes melhor do que no episódio que ele mesmo submeteu. Uma performance que deixa O’Quinn brigando pelo Emmy de Supporting Actor in a Drama Series.

The Sopranos • HBO • Chase Films and Brad Grey Television in association with HBO Entertainment
Michael Imperioli as Christopher Moltisanti
Histórico no Emmy:
5 indicações e uma vitória (2004) – todas pela sua performance neste seriado.
Episódio: “Walk Like a Man”
Michael Imperioli é um dos elementos mais fortes de “The Sopranos”. Seu personagem, Chris, é um alcoólatra e drogado em recuperação. Em “Walk Like a Man”, ficamos sabendo que, por mais que seus parceiros de negócios valorizem a atitude que ele tomou ao decidir dar um basta no vício, eles reclamam bastante da distância de Chris, que não socializa mais com eles. A performance de Imperioli neste episódio é fantástica e a platéia sente o efeito bola de neve quando, não só a tentação de se sentar e beber com seus parceiros de negócios, como também a pressão de um de seus associados (que teima em roubar os negócios de seu sogro) começam a afetar a sobriedade e a sanidade de Chris.

Rankings:
1. Michael Imperioli, “The Sopranos”
2. Terry O’Quinn, “Lost”
3. William Shatner, “Boston Legal”
4. T.R. Knight, “Grey’s Anatomy”
5. Michael Emerson, “Lost”
6. Masi Oka, “Heroes”

Quem vai ganhar? Michael Imperioli, “The Sopranos”
Fique de olho em: William Shatner, “Boston Legal” – sim, Shatner é irritante. Sim, Denny Crane é um pé no saco. Porém, ele é um ator querido pela Academia de Artes e Ciências Televisivas e que interpreta um personagem que eles simplesmente adoram.

6 comments:

Museu do Cinema said...

Só em ver a foto do Michael Imperioli meu voto já é dele, e pensar que era ele o garçom que Joe Pesci mata em Os Bons Companheiros...

Rogerio Scheidemantel said...

Dificil optar por Terry O´queen ou Michael Emerson em Lost. Acho que o O´queen merece até por sua trajetória na serie, que vem melhorando muito. Seria uma especie de premio ao Mérito.

Mas que Emerson consegue meter medo em qualquer ser caminhante nesse mundo, isso é inquestionável.

Kamila said...

Cassiano, meu voto também é do Imperioli. Ele está excelente no episódio dele.

Rogerio, muita gente vem apontando o Terry O'Quinn como vencedor desta categoria, no Emmy 2007. Mas, eu acho difícil que os atores de "Lost" ganhem, até porque o show não é mais aquele sucesso arrebatador de antes e não está indicado em categorias importantes, como é o caso de "The Sopranos".

Mas, adoro o O'Quinn e o Emerson, que, junto com a Elizabeth Mitchell, foram as melhores coisas dessa temporada de "Lost".

Vinícius P. said...

Belo post, novamente. Concordo com quase tudo, apesar de não acompanhar as séries "The Sopranos" e "Boston Legal". Acho que o Imperioli tem tudo para vencer, aliás minhas apostas estão iguais às suas (pela primeira vez nessa série de posts):

1. Michael Imperioli
2. Terry O'Quinn
3. William Shatner
4. T.R. Knight
5. Michael Emerson
6. Masi Oka

Abraços!

Rogerio Scheidemantel said...

É verdade Kamila, The Sopranos é que manda no pedaço agora. Mas infelizmente eu nao acompanho a serie, mas pelas criticas, foi oque de melhor aconteceu nesses tempos na TV.
É que fico exaltado com Lost pois sou fanzasso da serie, entao fico na torcida pelo "Locke" hehe.

Bom feriado!

Kamila said...

Vinícius, também não acompanho regularmente "The Sopranos" e "Boston Legal". O fiz mais para poder analisar direitinho as chances dos atores destes seriados no Emmy.

Também acho que o Imperioli tem tudo para vencer.

Rogerio, infelizmente, não acompanhei as seis temporadas de "Sopranos", mas gostei muito do que vi nesta sexta temporada. Também sou fã de "Lost" e, entre o Locke e o Ben, fico com Locke. Sou fã do personagem. :-)

Beijos.