Thursday, December 13, 2007

65th Annual Golden Globe Awards 2008 - Indicações

A Hollywood Foreign Press Association (HFPA), grupo formado por jornalistas estrangeiros que trabalham em Hollywood, acaba de anunciar – através dos atores Hayden Panettiere, Ryan Reynolds e do diretor Quentin Tarantino – os indicados ao 65th Annual Golden Globe Awards 2008. "Atonement", do diretor Joe Wright, lidera a lista com sete indicações.

Nas categorias principais de cinema, os indicados foram:

Best Motion Picture – Drama
American Gangster
Atonement
Eastern Promises
The Great Debaters
Michael Clayton
No Country for Old Men
There Will Be Blood

Best Performance by an Actress in a Motion Picture – Drama
Cate Blanchett, Elizabeth - The Golden Age
Julie Christie, Away From Her
Jodie Foster, The Brave One
Angelina Jolie, A Mighty Heart
Keira Knightley, Atonement

Best Performance by an Actor in a Motion Picture – Drama
George Clooney, Michael Clayton
Daniel Day-Lewis, There Will Be Blood
James McAvoy, Atonement
Viggo Mortensen, Eastern Promises
Denzel Washington, American Gangster

Best Motion Picture – Comedy or Musical
Across the Universe
Charlie Wilson’s War
Hairspray
Juno
Sweeney Todd – The Demon Barber of Fleet Street

Best Performance by an Actress in a Motion Picture – Comedy or Musical
Amy Adams, Enchanted
Nikki Blonsky, Hairspray
Helena Bonham Carter, Sweeney Todd – The Demon Barber of Fleet Street
Marion Cotillard, La Vie en Rose
Ellen Page, Juno

Best Performance by an Actor in a Motion Picture – Comedy or Musical
Johnny Depp, Sweeney Todd – The Demon Barber of Fleet Street
Ryan Gosling, Lars and the Real Girl
Tom Hanks, Charlie Wilson’s War
Philip Seymour Hoffman, The Savages
John C. Reilly, Walk Hard – The Dewey Cox Story

Best Performance by an Actress in a Supporting Role in a Motion Picture
Cate Blanchett, I’m Not There
Julia Roberts, Charlie Wilson’s War
Saoirse Ronan, Atonement
Amy Ryan, Gone Baby Gone
Tilda Swinton, Michael Clayton

Best Performance by an Actor in a Supporting Role in a Motion Picture
Casey Affleck, The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford
Javier Bardem, No Country for Old Men
Philip Seymour Hoffman, Charlie Wilson’s War
John Travolta, Hairspray
Tom Wilkinson, Michael Clayton

Best Director – Motion Picture
Ridley Scott, American Gangster
Joe Wright, Atonement
Julian Schnabel, The Diving Bell and The Butterfly
Joel Coen and Ethan Coen, No Country for Old Men
Tim Burton, Sweeney Todd – The Demon Barber of Fleet Street

Para ver a lista completa de indicados ao Globo de Ouro, clique
aqui.

A entrega dos prêmios acontecerá no dia 13 de Janeiro de 2008.

Em mais notícias relacionadas à temporada de premiação, a Academy of Motion Picture, Arts and Sciences anunciou ontem a lista com as
59 canções elegíveis para a categoria de Melhor Canção Original, bem como o nome do diretor de arte Robert Boyle (de filmes como “North by Northwest”, “The Birds” e “Marnie”) como o recipiente do Oscar Honorário a ser entregue no dia da 80ª edição dos Academy Awards.

23 comments:

Romeika said...

Kamila, sou por fora do buzz das premiações como vc sabe, então não tinha noção de quais dos meus favoritos teriam chances "reais" de indicação, mas até agora, fiquei bem satisfeita. Adorei as indicações pra "Hairspray", de Viggo Mortensen por "Eastern Promises", Tilda Swinton por "Michael Clayton", e é claro, de Marion Cotillard como "Piaf" (essa, mesmo quem não entende de premiações percebe que ela tem até Oscar escrito na testa, e se justiça for feita..)

Dos que eu não vi, fico feliz por "Atonement" e "Sweeney Todd", filmes esperadíssimos por mim. Se um filme é indicado, é quase sempre um sinal de que é bom. Talvez toda essa minha espera valha a pena.

Victor Nassar said...

Confesso que não me anima muito o teórico favoritismo de "Desejo e Reparação", torço muito mais por PTA e "Into the Wild". Mas...é isso aí!
A premiação nem saiu e eu já estou insatisfeito...hehe


Beju Kamila!

Johnny Strangelove said...

Fico ao mesmo tempo surpreso com algumas indicações como de Micheal Clayton como melhor filme, Cate Blanchett pela continuação frustada de Elizabeth, de John C. Relly por Walk Hard (no qual tenho uma boa mas não alta expectativa)


mas fico frustado em no quesito animação onde tiraram Persepolis e colocaram Bee Movie no lugar dele ... covardia ... assim o ratinho vai levar o globo mas espero que a justiça seja feita na Noite do Oscar ...

beijos

Otavio Almeida said...

Não gostei de quase nada! Mas viu como ATONEMENT entrou? Merece. E muito.

Bjs!

PS: Depois volto aqui pra comentar mais.

Vinícius P. said...

Eu gostei das indicações, apesar de algumas ressalvas. O melhor foi ver "Desejo e Reparação" com tantas indicações, agora estou mais confiante pela presença do filme nos indicados ao Oscar. Achei um absurdo 7 indicados na categoria de drama - só complicou ainda mais minhas previsões, apesar que "Into the Wild" parece estar de fora - o que é uma pena. Na categoria de melhor diretor não entendi o Julian Schnabel ou mesmo o Ridley Scott no lugar do Paul Thomas Anderson - outro filme que diminuiu suas chances. E será que "Jogos do Poder" vai além disso?

Abraço!

Museu do Cinema said...

Gostei, como me contento com pouco em relação a esses prêmios, só a indicação de There Will Be Blood a melhor drama, já me satisfaz, mesmo PTA sendo ignorado pelos ignorantes.

Otavio Almeida said...

É isso mesmo, Cassiano! Ignorado por ignorantes. Só pode ser.

ACROSS THE UNIVERSE? Piada. Nada de Tommy Lee Jones com uma das melhores atuações do ano, em NO VALE DAS SOMBRAS. Nada de Joaquin Phoenix. O GÂNGSTER? Ridley Scott já fez melhor.

Já faz um bom tempo que eu não me animo com o Globo de Ouro. Aliás, acho uma festa das mais chatas. A premiação de BABEL no final da festa no ano passado com uma estatuetazinha só me pareceu forçada de barra. Faz muito tempo que eu não me empolgo com o Globo de Ouro.

Por isso que eles são "apenas" a prévia do Oscar. E sempre serão.

O Globo de Ouro é um fanfarrão!

Abs!

Kamila said...

Romeika, dos filmes que eu vi fiquei feliz por Travolta, "Hairspray" e Blonsky. Além de Cotillard, é claro. Dos que eu não assisti, felicíssima por "Atonement". O filme recebeu da HFPA o apoio que necessitava para mostrar que veio de vez nessa award season.

Victor, mas é assim mesmo. A própria lista de indicados me deixou bem insatisfeita.

João, a indicação do John C. Reilly foi surpreendente. "Persepolis" não era elegível à melhor filme de animação, mas foi indicado em melhor filme estrangeiro.

Otavio, também não fiquei satisfeita com a lista, especialmente na parte de TV.

Vinícius, também fiquei feliz por "Atonement". Mas, acho que, dos sete filmes indicados, "The Great Debaters" está completamente fora do Oscar. Aposto ainda na força de "Into the Wild". O PT Anderson também ficou de fora da lista de direção no BFCA, e acho que ficará de fora do Oscar mesmo. No mais, acho que "Jogos de Poder" não chega com tanta força assim no Oscar.

Cassiano, infelizmente, acho que a ausência de PT Anderson é uma tendência, já que ele ficou de fora também do BFCA. Acho que ele está correndo um risco sério de ser esquecido no Oscar.

Beijos.

Kamila said...

Otavio, também não entendi "Across the Universe" ou "The Great Debaters". Ou a ausência de PT Anderson. Ou a falta de "Knocked Up". O Globo de Ouro nem prévia do Oscar é mais. Viraram apenas mais um prêmio. O BFCA cumpre melhor esse papel.

Beijos.

Otavio Almeida said...

ISSO! Concordo sobre o comentário a respeito do BFCA.

E tem razão. Faltou LIGEIRAMENTE GRÁVIDOS, RATATOUILLE em filme, ZODÍACO, TRANSFORMERS (esse foi brincadeira)... eu hein.

Bjs!

Kamila said...

Faltou tanta coisa, Otavio. Acho que o SAG define tudo, pelo jeito.

Beijos.

Matheus Pannebecker said...

Não gostei muito dessa lista. Achei que teve vários absurdos (pra quê 7 em melhor filme drama?)e vários esquecimentos. Mas ao menos fiquei feliz com as indicações de Hairspray.
E acho que é dessa vez que veremos Johnny Depp se consagrando, não?

Kamila said...

Johnny Depp e Tim Burton, Matheus.

Wally - Cine Vita said...

Indignado com as 7 indicações...como já disse, deixa eles soando bem menos profissional. Acho que até nós blogueiros poderíamos ter resistido à tentação de 7 filmes na categoria, e depois falam mal da gente...
Enfim, vários prós e vários contras. Estou na torçida por Sweeney Todd, acima de tudo.

Wiliam Domingos said...

Sei lá....
este prêmio é quase um Oscar, mas é mais humilde! Tipo...não vejo muita dimensão na premiação, é quase a mesma que o Oscar busca em suas indicações!
Mas...
ainda ganha uns pontinhos a mais q o Oscar!

Beijo!

Victor Nassar said...

Concordo com o Otávio.

Globo de Ouro é um fanfarrão!!!!

Marfil said...

Sete! Sete…Sete? Pois é, Vini, em ano de faroestes sobrou tiro para todo lado…

Kamila said...

Wally e Marfil, essas sete indicações foram dose mesmo. Acho que, se existe esse critério, deveria ser adotado para mais categorias. Ou então, que façam que nem o BFCA e indiquem 10 filmes para a categoria principal, independente de gênero.

William, discordo. Acho que essa lista de indicações é a prova da falta de sincronia entre Globo de Ouro e Oscar. Acho que o prêmio da Academia, neste ano, seguirá um caminho completamente diferente.

Museu do Cinema said...

Kamila, eu não diria correndo risco, afinal o PTA é um dos talentos mais celebrados de Hollywood. E não são prêmios que dirão isso, afinal "prêmios são como hemorroidas, cedo ou tarde todo bundão ganha um".

Agora, acho que a discussão mais séria, e nós como cinéfilos deveriamos discutir, é essa tendência em premiar filmes que só estreiam nessa época do ano.

Cade o Zodiaco? Deveria ser feito algo contra esse "marketing" da industria, isso esculhamba os prêmios, ou então muda o nome, seria Globo de Ouro Out/Nov07

Marcus Vinícius said...

Eita, só vi o American Gangster de todos dessa lista. Mas se for dar um palpite, o filme dos Coen leva o de melhor drama.
Isso aí dona Kamila, fiquei tão feliz com a notícia do The 'X-Files 2' que adiantei minha volta! =D
Beijão, ótimo final de semana!

Kamila said...

Cassiano, acho que o ponto que você levantou é muito válido e acho que a própria indústria foi que condicionou os filmes que devem ser considerados para premiações entre aqueles lançamentos de final do ano. O último filme a ser lançado mais cedo a se dar bem no Oscar foi "Crash - No Limite".

Marcus, imagino que deva ter ficado ainda mais feliz ao saber das duas indicações de "Californication" ao Globo de Ouro. Seja bem-vindo de volta. :-)

Beijos e bom final de semana!

Museu do Cinema said...

Virou um circulo vicioso infelizmente, são poucos os cineastas que tem peito para lançar seus filmes em outras datas, como fez David Fincher por exemplo.

Acho que o Oscar subverteu Hollywood e o final disso pode ser trágico.

Kamila said...

Exatamente, Cassiano. Uma saída seria permitir os screenings de filmes lançados mais cedo. Assim, eles poderiam ter mais chances de se dar bem nessas premiações.